Olhar Direto

Sábado, 17 de novembro de 2018

Notícias / Ciência & Saúde

Comissão da AL cobra reativação de sala do Hospital São Benedito fechada há 10 meses

Da Redação - Fabiana Mendes

24 Nov 2017 - 12:10

Foto: Secom Cuiabá

Comissão da AL cobra reativação de sala do Hospital São Benedito fechada há 10 meses
A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) fez um requerimento para cobrar esclarecimentos da Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá a respeito sala de hemodinâmica do Hospital São Benedito, que está fechada há cerca de 10 meses.

Leia Mais: 
Hospital Regional de Cáceres tem redução de 34% no custo de internações por paciente

Por solicitação do deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) a demanda para pedido de informações foi apresentado durante reunião da comissão, realizada na tarde desta quarta-feira (22). Como fundamento, Guilherme Maluf lembrou que o Hospital São Benedito possui o equipamento de hemodinâmica mais moderno de Mato Grosso – utilizado para tratamento do Acidente Vascular Celeral -, no entanto há 10 meses ele não está sendo utilizado.
 
A situação também foi apresentada pelo presidente da Sociedade Mato-Grossense de Neurologia, Wilson Novais, durante audiência pública realizada pelo deputado no mês passado para debater as formas de prevenção, de diagnóstico e as alternativas de tratamento do AVC.
 
"Essa comissão precisa cobrar informações do prefeito de Cuiabá e da Secretaria Municipal de Saúde sobre o motivo do fechamento da sala de hemodinâmica do Hospital São Benedito. O equipamento que tem lá é o mais moderno de Mato Grosso e pode salvar muitas vidas, mas está parado há meses. Precisamos cobrar explicações sobre isso", defendeu Maluf.
 
Na ocasião, o parlamentar também pediu empenho da comissão de saúde para instalação de um Centro de Tratamento de AVC em Cuiabá e lembrou que a doença é a é a terceira maior causa de mortes no mundo.
 
"Durante a audiência pública que realizamos foi apresentada a reivindicação para criação desse centro, que é fundamental para realização de um tratamento adequado, que pode salvar vidas e reduzir muito as sequelas causadas pelo AVC. Nós fazemos as nossas manifestações aqui no Legislativo, mas queremos vê-las transformadas em ações", disse.
 
Outro lado

O diretor geral do Hospital São Benedito, Huark Correia, informou que a sala de hemodinâmica nunca foi aberta. Segundo o médico, após a aquisição da máquina foram realizados testes de funcionamento para que pudessem atestar a nota fiscal de entrega do equipamento. Com a queda dos recursos de repasse para o hospital, a partir de dezembro de 2016, foi necessário repactuar o custeio do aparelho para fazer a previsão do financiamento do serviço. Os valores estão em fase final de pactuação, mas dependem do orçamento do Estado.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.