Olhar Direto

Sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Notícias / Cidades

Esposa de Policial Militar é detida suspeita de ter armado assassinato do marido

Da Redação - Wesley Santiago

05 Dez 2017 - 08:25

Foto: Reprodução/Facebook

Esposa de Policial Militar é detida suspeita de ter armado assassinato do marido
A esposa do soldado da Polícia Militar Moshe Dayan Simão Kaveski foi detida no fim da noite da última segunda-feira (04), logo após o marido ter sido assassinado com diversos disparos de arma de fogo na cabeça e tórax, no distrito de União do Norte, em Peixoto do Azevedo (676 quilômetros de Cuiabá). Ela é apontada como suspeita de ter tramado o homicídio do companheiro, junto com outro homem, que também está preso.

Leia mais:
Policial Militar é executado com tiros na cabeça e tórax ao chegar em casa
 
A prisão da esposa do policial, identificada como Deise Ribeiro de Oliveira, foi confirmada ao Olhar Direto pela Polícia Judiciária Civil de Peixoto de Azevedo, que investiga o caso. Além dela, outro homem também encontra-se detido. Conforme o que apurou a reportagem, a principal linha é que os dois tenham tramado o homicídio.
 
O delegado responsável pelo caso, Israel Pirangi Santos, irá ouvir os suspeitos ainda na manhã desta terça-feira (05), em Peixoto do Azevedo. Os motivos ainda são desconhecidos. Deise estava junto com a vítima no momento do crime e não foi atingida por nenhum dos disparos efetuados.
 
O caso
 
O soldado da Polícia Militar Moshe Dayan Simão Kaveski foi executado na noite da última segunda-feira (04), no distrito de União do Norte, em Peixoto do Azevedo (676 quilômetros de Cuiabá). Segundo as informações da polícia, ele estava chegando em casa, quando o criminoso o abordou e disparou diversas vezes. Ele estava com a esposa, que presenciou toda a cena.
 
Segundo as informações preliminares, o soldado estava retornando para sua casa quando, por volta das 19h30, foi abordado no momento em que entrava na residência. O criminoso chegou e realizou diversos disparos de arma de fogo. Os tiros atingiram a cabeça e o tórax da vítima, que não resistiu aos ferimentos e veio a óbito ainda no local.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • LUNETA
    05 Dez 2017 às 18:31

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Tom
    05 Dez 2017 às 12:54

    Que bichinho mal afinado.

  • cbs.
    05 Dez 2017 às 09:42

    literalmente dormindo com o inimigo. Muito triste, nada justifica tamanha covardia, já não basta os da rua, agora dentro da própria família temos que está sempre alerta e orando. como pode ser tão estúpida em subestimar a capacidade das autoridades policiais?

Sitevip Internet