Olhar Direto

Sábado, 16 de dezembro de 2017

Notícias / Política MT

Câmara aprova liberação de R$ 1,9 bi do FEX e projeto é encaminhado ao Senado

Da Redação - Lucas Bólico

06 Dez 2017 - 19:17

Foto: Reprodução

Câmara aprova liberação de R$ 1,9 bi do FEX e projeto é encaminhado ao Senado
A Câmara Federal acaba de aprovar a liberação da compensação financeira pelas desonerações previstas na Lei Kandir (Lei Complementar nº 87). O projeto trata da liberação dos R$ 1,9 bilhão do Fundo das Exportações (FEX), dos quais R$ 496 milhões devem vir para Mato Grosso.

Leia também:
Câmara dos Deputados aprova requerimento de urgência para liberar R$ 1,9 bi do FEX
 
Conforme prometido pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), o requerimento de urgência protocolizado pelo deputado mato-grossense Fábio Garcia (sem partido) foi votado na tarde desta quarta-feira (06). Com a aprovação, o mérito da questão foi aprovado horas depois. O texo agora será encaminhado para o senado e depois sancionado pelo presidente Michel Temer (PMDB).

Nesta terça-feira (05), ao Olhar Direto, Fábio Garcia destacou a importância da aprovação do projeto. Dos R$ 496 milhões que virão para Mato Grosso, cerca de R$ 370 milhões ficam com o Executivo e o restante é repassado aos municípios.

O FEX é uma compensação financeira paga aos Estados exportadores depois que a Lei Kandir isentou o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) dos produtos e serviços destinados à exportação. Em contrapartida a União repassa o FEX aos Estados que deixam de ganhar com as exportações, mas todos os anos governadores que têm direito ao recurso precisam fazer uma verdadeira peregrinação à Brasília para garantir o repasse.

Em busca desta verba há meses, no início desta semana o Governo de Mato Grosso anunciou que sem os recursos do FEX poderia fechar 2017 com um déficit de aproximadamente R$ 600 milhões, e que teria ainda dificuldade em honrar com o salário dos servidores.
 
Mesmo com a aprovação na Câmara, ainda não há previsãode quando os recursos estarão de fato nas contas do Governo.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Jorge
    06 Dez 2017 às 19:42

    Lei Kandir do PSDB votada com apoio de Dante de Oliveira entre outros.

Sitevip Internet