Olhar Direto

Sábado, 20 de janeiro de 2018

Notícias / Educação

Nova Marilândia é destaque com a melhor educação de Mato Grosso pelo IOEB

Da Redação - Vinicius Mendes

11 Dez 2017 - 15:21

Foto: Reprodução

Nova Marilândia é destaque com a melhor educação de Mato Grosso pelo IOEB
O município de Nova Marilândia (260km de Cuiabá) foi o mais bem avaliado pelo Índice de Oportunidades da Educação Brasileira (IOEB) de 2017 em Mato Grosso. O índice aponta a situação da educação nos estados e municípios brasileiros, levando em consideração o contexto socioeconômico. Os dados divulgados no último dia 7 apontam a cidade em 1º no Estado e em 138º no Brasil, com índice 5,3, acima da média nacional (4,7) e do índice estadual (4,7). Cuiabá teve um índice de 4,5.

Leia mais:
Anhanguera e Unic são as piores de Mato Grosso, segundo ranking de universidades da Folha
 
O IOEB avalia desde a educação infantil até o ensino médio, das redes públicas e privadas, levando em conta indicadores de insumos e de resultados. São considerados fatores como qualidade e experiência de professores e diretores, tempo de jornada das crianças na escola e a taxa de atendimento na educação infantil, além do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB).

Esta é a segunda avaliação do IOEB, que realizou o primeiro levantamento em 2015, data em que Nova Marilândia também obteve índice acima das médias estadual e nacional. Municípios sempre bem avaliados, como Lucas do Rio Verde, que teve índice de 5,1 em 2017, ficaram atrás de Nova Marilândia.
 
O município, que tem pouco mais de 3.000 habitantes e apenas três escolas, nos últimos anos investiu em educação e adotou a política valorização dos profissionais. Apesar de ter melhorado o resultado da última pesquisa, a média do Estado é menor do que a da Nova Marilândia, passando de 4,5 para 4,7.

À frente da prefeitura quando do surgimento do IOEB, o ex-prefeito do município, Wener Santos destaca que a valorização dos professores, com boas condições de trabalho e pagamento de salários rigorosamente em dia, além do cumprimento dos reajustes, RGA, PCCS sempre foi uma premissa na sua gestão.

“A questão de salários e todos os direitos dos educadores nem é discutível, pois é obrigação do gestor público. Acredito que ter tido uma Secretaria de Educação eficiente, conseguir investir em infraestrutura e conforto e oferecer merenda de qualidade também contribuíram para conseguir um resultado final cada vez melhor, durante os últimos anos”, avaliou Wener.
 
Além de Nova Marilândia, os outros cinco municípios mais bem avaliados em Mato Grosso são União do Sul (455° lugar nacional), Primavera do Leste (541°), Lucas do Rio Verde (544°), Tangará da Serra (654°) e Juruena (670°). A capital Cuiabá ocupa a 2541º colocação no País, com nota 4,5, num universo de 5.110 municípios pesquisados. Entre as capitais, Cuiabá ficou na 12ª posição.
 
O Índice é organizado pelo Centro de Liderança Pública (CLP), em parceria com Fundação Roberto Marinho, Fundação Lemann, Instituto Península e o Instituto Natura, é executado pela consultoria METAS Sociais. O IOEB calcula a qualidade das oportunidades educacionais oferecidas por municípios e estados.

Seu resultado aponta quanto cada município será determinante para o sucesso educacional das pessoas que vivem ali. O Estudo leva em conta aspectos socioeconômicos, o que o torna mais abrangente que outros índices, identificando oportunidades que servem de inspirações a outros gestores educacionais na abordagem das questões que indivíduos enfrentam em diversas regiões do País.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet