Olhar Direto

Sábado, 20 de janeiro de 2018

Notícias / Ciência & Saúde

Cuiabá realiza mobilização contra Aedes aegypti em bairros considerados críticos

Da Redação - Fabiana Mendes

19 Dez 2017 - 09:01

Foto: Josi Pettengill- Secom-MT

Cuiabá realiza mobilização contra Aedes aegypti em bairros considerados críticos
A Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá, por meio da Unidade de Vigilância em Zoonoses, realiza de hoje até 28 de dezembro ações de mobilização contra o mosquito Aedes aegypti nas quatro regionais da capital mato-grossense. A execução acontecerá nos bairros considerados mais críticos, de acordo com levantamento do Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), feito entre os meses de outubro e novembro e irá envolver 320 Agentes de Combate a Endemias. As informações são da assessoria de imprensa da Prefeitura de Cuiabá. 

Leia Mais: 
“Terminalidade domiciliar garante dignidade aos últimos momentos da vida”, orienta médico

Os agentes farão as visitas domiciliares, tratamentos com produtos químicos em reservatórios e divulgação de informações através de cartazes e panfletos nos comércios, com orientações sobre as formas de controle e prevenção. A expectativa da coordenadora de Vigilância em Zoonoses é de que sejam visitados mais de 36 mil imóveis.

Nos últimos anos, a mobilização dos cuiabanos contra o mosquito Aedes aegypti tem sido intensificada principalmente porque o inseto é o transmissor da dengue, zika e a chikungunya.

"A ação incia-se nos bairros 1º  de Março, Jardim Mossoró, Cohab São Gonçalo, Parque Nova Esperança II, Areão, Poção e Santa Izabel. No dia  21 estaremos nos bairros 3 Barras, João Bosco Pinheiro, Parque Atalaia, Parque Nova Esperança I, Lixeira, Alvorada e Jardim Colorado. E entre os dias 26 e 28 de dezembro será a vez dos bairros Jardim Vitória, Parque Residencial Coxipó, Pedregal, Cidade Verde, Ribeirão do Lipa Osmar Cabral e Coxipó", disse a coordenadora da Unidade de Vigilância em Zoonoses, Alessandra Carvalho.
 
O Comitê de Ação Preventiva ao Mosquito Aedes aegypti instituído pelo Prefeito Emanuel Pinheiro no início do ano, por meio do Decreto Municipal nº 6.207, de 02 de janeiro é presidido pela secretária de Saúde de Cuiabá, Elizeth Lucia de Araújo, e envolve a participação de outras secretarias municipais.

Nos meses de outubro e novembro deste ano foi realizado o 4º Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti(LIRAa), que constatou uma redução de 18,45% no Índice de Infestação Predial (IIP) em relação ao mesmo período do ano passado. Apesar disso, ainda não há motivos para comemorar, pois os números, em relação ao risco de transmissão, ainda são considerados altos no município, segundo explicou a coordenadora da Unidade de Vigilância em Zoonoses, Alessandra Carvalho.
Sitevip Internet