Olhar Direto

Sábado, 20 de janeiro de 2018

Notícias / Política MT

Wilson afirma que oposição não tem musculatura: “Sonham com alguém da nossa base”

Da Redação - Wesley Santiago

04 Jan 2018 - 17:22

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Wilson afirma que oposição não tem musculatura: “Sonham com alguém da nossa base”
O secretário de Cidades (Secid) e deputado estadual, Wilson Santos (PSDB), acredita que o governador Pedro Taques (PSDB) deve conquistar a reeleição em 2018. Isso porque ele afirma que a oposição não tem um candidato com musculatura e expertise para superar o atual chefe do Executivo mato-grossense. Além disto, o tucano comentou sobre uma possível saída de Mauro Mendes (Sem Partido) e Blairo Maggi (PP) do grupo político: “Acredito na manutenção (...) Eles [oposição] não têm candidatura e sonham com alguém da nossa base”.

Leia mais:
Wilson afirma que ida para o TCE é conversa fiada e se sente jovem e útil ao parlamento
 
Questionado sobre uma possível saída de Mauro e Maggi do grupo da situação, Wilson acredita que isto é apenas especulação: “Esse período que antecipa as convenções são cheios de teses e elucubrações. É natural que aconteça, mas acredito que Taques terá a habilidade suficiente para manter todos que o levaram a vitória. Com a manutenção do grupo, não vejo dificuldades de vencer a eleição”.
 
Um possível racha no grupo seria para a possível candidatura do ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, que deve se filiar ao Democratas (DEM), com o apoio do senador e ministro da Agricultura, Blairo Maggi, que deverá concorrer à reeleição no pleito deste ano. Em recentes pesquisas, Maggi foi o único a figurar à frente de Pedro Taques e deve ter um peso importante nas eleições.
 
O secretário Wilson Santos acredita que a chance de alguém do atual grupo de Taques (leia-se Mauro e Maggi) sair e ser o ‘adversário no ninho’ é remota: “Acho que não tem essa chance de alguém sair contra o Taques. Mato Grosso precisa continuar mudando. Não podemos permitir que o grupo que governou o Estado há pouco tempo retorne. Erramos? Sim! Cometemos falhas? Sim, e quem não as teve? A grande meta nossa é impedir que o grupo de Silval retorne ao comando do Estado”.
 
O tucano ainda cutucou os adversários dizendo que “acredito nesta manutenção do grupo, porque as vezes há mais interesses do que vagas. Mas o Taques é habilidoso, paciencioso, tem capacidade extraordinária de superar desafios e cresce diante deles. O talento dele fará com que o grupo se entenda. A reedição da aliança é o que nossos adversários não querem. Eles não tem candidatura, sonham com alguém da nossa base. Cabe a nós termos espirito de coesão para manter isso unido”.
 
Questionado sobre uma possível candidatura do petista Ságuas Moraes, pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Wilson Santos disse não se preocupar: “Acho que a oposição não tem um nome consistente, com musculatura, viável. Já batemos no Lúdio, que venha o Ságuas”, exclamou. 

17 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Salmo
    05 Jan 2018 às 11:35

    Má gestão. O governador Pedro Taques convocou aproximadamente 5 mil homens para a polícia militar, polícia civil, Sistema Prisional. Realizou concursos para cargos com altos salários como PGE e Defensoria e comprometeu os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal, descontrolou as contas do Estado e agora tenta transferir a responsabilidade para os servidores públicos e para o governo anterior. Deveria ter vergonha e sair do cenário político.

  • Ney
    05 Jan 2018 às 10:38

    O que está sendo feito hoje refletirá no próximo mandato e será um novo Mato Grosso acredito no governo e apoio Pedro taques.

  • Manu
    05 Jan 2018 às 08:51

    A pessoa que quer defender este Desgoverno não tem nem a coragem de postar o nome. Mais um indicativo de que o governador não prestígio.

  • por justiça
    05 Jan 2018 às 05:59

    olha os malfeitores ai meu povo fique de olho vigia.....

  • Antonio da Silva
    05 Jan 2018 às 00:27

    ESSE PEDRO TAQUES PODE SAIR SOZINHO QUE VAI PERDER PARA ELE MESMO!

  • Túlio
    04 Jan 2018 às 21:29

    O governo da promessa. Foi eleito prometendo e pretende a reeleição prometendo e arrolando dívidas do Estado que vai levar MT a falência.

  • Analista
    04 Jan 2018 às 21:27

    Com o Wilson Rodoanel a frente do VLT Taques vai moralizar o Estado. Sqn!

  • Adalto
    04 Jan 2018 às 21:21

    Votei em Taques, mas depois do caso Seduc, dos grampos, da Faesp e principalmente da tentativa de concluir o VLT com a empresa ré por desvios perdeu totalmente minha confiança.

  • Davi
    04 Jan 2018 às 21:21

    Como militante do PSDB vejo que os diretórios municipais precisam ser consultados sobre os rumos do partido. Do meu ponto de vista a reeleição do Taques com esse nível de rejeição popular e política se mostra inviável. O mais adequado seria indicar o vice do Mauro Mendes, que poderia ser o prefeito de Cáceres Francis do PSDB (que atrai voto da região Oeste) e o Leitão ao senado. Até os candidatos a deputado do PSDB seriam beneficiados em termos de votação porque é evidente que a rejeição ao governador trás um grande desgaste.

  • joaoderondonopolis
    04 Jan 2018 às 20:31

    Governador nota "zero" em administração.

Sitevip Internet