Olhar Direto

Segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Notícias / Política MT

Líder do Executivo diz que Câmara fará julgamento justo das contas de Mauro Mendes

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

08 Jan 2018 - 15:16

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Líder do Executivo diz que Câmara fará julgamento justo das contas de Mauro Mendes
O líder do poder Executivo na Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Lilo Pinheiro (PRP) afirmou que o julgamento das contas do último ano de gestão do ex-prefeito Mauro Mendes (sem partido) será técnico e sem nenhum posicionamento político. A previsão da votação é de que aconteça entre os meses de fevereiro e março.

Leia também
STF nega manobra do TCE e mantém afastamento de conselheiro acusado de comprar vaga


“A análise das contas do gestor ela se sobrepõe a qualquer posicionamento de grupo político. Não podemos colocar o posicionamento do político acima do bem estar das pessoas de Cuiabá ou acima da dedicação que o ex-prefeito Mauro Mendes teve com as pessoas de Cuiabá”, declarou.

O legislativo ainda aguarda a peça ser encaminhada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). No fim do ano passado, a corte aprovou de forma unânime as contas da prefeitura de Cuiabá relativas ao exercício do ano de 2016.

Para o vereador, a análise da Câmara será justa e realizada de acordo com o que foi realizado pelo ex-prefeito. “Vamos aguardar a peça chegar para poder analisar as contas do ex-prefeito para fazer uma análise justa e de acordo com a realidade do que foi executado no ano retrasado”.

Em seu parecer no mês de dezembro de 2017, o TCE considerou os demonstrativos contáveis do último ano como adequados e satisfatórios, e ressaltou que a administração respeitou os limites constitucionais nos investimentos em políticas públicas.

Na área da Saúde, dos 10 indicadores avaliados, cinco ficaram acima da média. Na Educação, entre os 10 indicadores avaliados pelo Tribunal, seis superaram a média Brasil.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Ibsen
    08 Jan 2018 às 15:46

    Mauro Mendes Saiu em 2016 já estamos em 2018 e ainda vao julgar as conta dele rapaz por isto BR ta assim

Sitevip Internet