Olhar Direto

Segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Notícias / Política MT

Progressistas planejam chapa com Mauro Mendes ao governo e Pivetta vice para enfrentar Pedro Taques

Da Redação - Érika Oliveira

09 Jan 2018 - 12:11

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Progressistas planejam chapa com Mauro Mendes ao governo e Pivetta vice para enfrentar Pedro Taques
A pouco mais de seis meses das eleições o Progressistas, partido do atual ministro da Agricultura Blairo Maggi, tem intensificado as articulações para recrutar o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), e lançá-lo como candidato ao Governo do Estado. Durante encontro da legenda nesta terça-feira (09), em Cuiabá, o presidente Ezequiel Fonseca confirmou as especulações de que o partido avalia compor uma chapa em que o ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (sem partido), aparece como candidato a vice-governador.

Leia mais:
Com missão de finalizar obras da Copa, WS acredita em reestruturação do Estado e reeleição de Taques

“Temos mantido conversas com o Mauro Mendes, convidado ele para vir ao Progressistas, dissemos a ele que se ele vier ele poderá ser o nosso candidato a governador, mas realmente ele não decidiu, ele ainda está fazendo algumas avaliações. Eu acho que o Pivetta é um nome bom, foi um grande prefeito lá em Lucas do Rio Verde e certamente, se tivermos um candidato da Capital vamos buscar um vice do interior”, afirmou Ezequiel.

Se confirmada a conjuntura, esta seria a segunda vez que Mendes e Pivetta dividiriam palanque como governador e vice, respectivamente. Em 2010, os dois disputaram o comando do Palácio Paiaguás juntos, mas acabaram derrotados pelo ex-governador Silval Barbosa. Na ocasião, o atual governador Pedro Taques (PSDB), que assim como Pivetta estava filiado ao PDT, elegeu-se senador.

Empresário e agropecuarista, Pivetta foi considerado o prefeito mais rico do país nas eleições passadas, com um patrimônio de mais de R$ 350 milhões declarados. Ele assumiu a Prefeitura de Lucas do Rio Verde pela primeira vez em 1997, se reelegeu em 2000 e deixou o cargo para ocupar uma cadeira na Assembleia Legislativa entre os anos de 2007 e 2010. Em 2013 voltou a ser eleito prefeito da cidade, mas perdeu as últimas eleições para Flori Binotti (PSD).

Para este ano, na opinião de Ezequiel Fonseca, o cenário ideal será de uma candidatura opositora ao governador tucano, independente de quem for liderar a chapa. Na manhã desta terça-feira, o deputado voltou a dizer que o maior desejo do partido era de que Blairo Maggi fosse candidato ao Governo. Mas, com o anúncio – segundo o próprio ministro definitivo – da candidatura de Maggi ao Senado, o líder do Progressistas mencionou nomes como do senador Wellington Fagundes e ainda do conselheiro afastado do Tribunal de Contas Antonio Joaquim como “planos B e C”.

“Eu tenho colocado claramente a minha posição como presidente do partido: eu vou trabalhar para que o Progressistas não esteja na reeleição do governador Pedro Taques. Mas eu preciso  respeitar. O ministro Blairo é mais tranquilo nesse aspecto, ele não se posicionou ainda, prefere esperar um pouco, mas nós já estamos em 2018 e daqui mais uns dias ele certamente vai se pronunciar. Por enquanto ele está na posição de ouvir mais e falar menos”, disse.

“Ele [Blairo] foi muito categórico dizendo que não vai ser candidato ao Governo e que ele mantém a candidatura ao Senado, então nós respeitamos. Ele é a estrela do nosso partido, mas na construção de uma candidatura ao Governo poderá ser o Antonio Joaquim, poderá ser o Wellington Fagundes, o Mauro Mendes. O nosso ministro [Blairo] tem colocado o Mauro Mendes, mas nós estamos construindo ainda”, pontuou.

14 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Tetris
    10 Jan 2018 às 14:10

    Teria que apurar porque o Piv foi rejeitado no próprio curral...

  • Sara Jorgensen
    09 Jan 2018 às 20:26

    Seria Piveta governador pous tem trabalho pra dar e vender ai sim MT seria um estado de progresso e desenvolvimento é só olhar Lucas do Rio verde e essa tradição vem de família de carácter seu pai foi prefeito em Caiçara RS e também é município modelo esse sabe trabalhar

  • Pedro Henrique Cruz
    09 Jan 2018 às 17:50

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • fulano
    09 Jan 2018 às 17:44

    nao voto nesse pive.... ai nen nen

  • EDSON CARLOS
    09 Jan 2018 às 17:37

    Em primeiro lugar, tem que combinar com o povão (eleitores,servidores publicos em geral , os aposentados), né! !!!!!!!!!!

  • Eduardo
    09 Jan 2018 às 16:48

    Ai sim... de tão bom que é o Pivetta que nem pra prefeito de Lucas do Rio Verde ele se elegeu! Vai queimar o Mauro Mendes

  • Bruno
    09 Jan 2018 às 16:34

    O Mauro Mendes deveria avaliar o nome do prefeito de Cáceres Francis Maris de vice, pois somaria muitos votos na região Oeste. Apesar de estar atualmente no PSDB, todos sabem que está insatisfeito e poderia migrar para o seu antigo partido PMDB ou PR para sair de vice.

  • Durval Breda
    09 Jan 2018 às 16:30

    Mamãe me acode. Olha a equipe que está querendo voltar: Ezequiel, Riva, Wellington, Antonio Joaquim, Silval e seu padrinho Maggi. Ah, claro, sem contar que desse grupo também faz parte um tal Emanuel, ai ai ai, Mamãe, me acode.

  • Contribuinte
    09 Jan 2018 às 16:22

    Temos que torcer para ser o último ano do atual governo! O Estado está agonizando!

  • Educação
    09 Jan 2018 às 15:52

    Confiamos no governador Pedro Taques PSDB com sabedoria saberá administrar essa base eleitoral dele e tem musculatura para enfrentar essa reeleição com todo esse trabalho prestado para o estado

Sitevip Internet