Olhar Direto

Segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Notícias / Política MT

Kassab lança diretrizes do Programa Internet Para Todos e vai beneficiar regiões distantes de MT

Da Redação - Ronaldo Pacheco

11 Jan 2018 - 09:35

Foto: Divulgação

José Augusto Curvo Tampinha é o responsável pelo projeto em Mato Grosso.

José Augusto Curvo Tampinha é o responsável pelo projeto em Mato Grosso.

Dentro de poucos meses, regiões consideradas distantes de Cuiabá e dos grandes centros de Mato Grosso, principalmente na Amazônia Legal, estarão ligadas à internet, com sinal firme. A projeção partiu do assessor especial do Ministério da Ciência, Tecnologia e Comunicação, ex-deputado José  Augusto Curvo, o Tampinha, com base na publicação da portaria do ministro Gilberto Kassab, no Diário da União,  com as diretrizes do Programa Internet Para Todos.
 
Tampinha Curvo é o responsável por definir a listagem de cidades em Mato Grosso e orientar as prefeituras sobre como ter acesso ao beneficio. “Esse é um grande passo para nossa população, já que vivemos num Estado com enormes dimensões e que é pouco contemplado com conectividade”, afirmou ele, que foi deputado federal.

Leia mais:

- Tampinha recusa vaga de Sachetti e tenta articular rodízio para contemplar ex-prefeito 

A portaria determina que o Programa Internet Para Todos comece ativamente suas atividades em fevereiro e irá contemplar ao longo do ano 500 municípios em todo país. Em Mato Grosso Tampinha conseguiu incluir 148 escolas rurais municipais e estaduais para receber as antenas. Inicialmente, 7 mil instituições de ensino do Brasil com mais de 200 alunos serão beneficiadas e no ano seguinte mais 45 mil.
 
O assessor especial adjunto salienta que os municípios já devem ir se adequando, porque para receber a antena que irá transmitir o sinal de banda larga é preciso cumprir alguns requisitos, como a prefeitura enviar um ofício em nome do ministro Kassab solicitando pontos para a cidade, outro para a Câmara dos Vereadores pedindo isenção do ISS (Imposto Sobre Serviço) e disponibilizar o ponto de instalação com energia elétrica.
 
O Programa Internet Para Todos irá enviar sinal de internet para o Brasil inteiro por meio do primeiro satélite nacional. As áreas de Saúde e Educação irão receber banda larga gratuita.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Carol
    11 Jan 2018 às 10:07

    Primeiro tem de chegar luz elétrica! Nem isso o Programa Luz para Todos conseguiu garantir!!!

Sitevip Internet