Olhar Direto

Sexta-feira, 20 de abril de 2018

Notícias / Picante

Sobrevivendo

Menos da metade dos clubes de MT teria condições de participar do Campeonato Estadual de 2018

Da Redação

12 Jan 2018 - 12:13

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Clubes de Mato Grosso não poderiam disputar campeonatos da CBF, se regras estivessem vigentes

Clubes de Mato Grosso não poderiam disputar campeonatos da CBF, se regras estivessem vigentes

Menos da metade dos clubes de Mato Grosso não teriam condições de participar do Campeonato Estadual 2018 caso fosse obrigados a cumprir as exigências da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A pedido a Federação Mato-Grossense de Futebol (FMF) e mais 16 co-irmãs, a CBF transferiu para 2020 e 2021 às equipes das séries C e D. Entre outras coisas, os clubes terão que demonstrar que possuem programas para categorias de base, equipes de futebol feminino, centros de treinamento, estádios adequados e gestão profissional (diretores de futebol, comunicação e marketing). São considerados requisitos mínimos para que os clubes disputem as competições organizadas pela confederação, define o cronograma para que os clubes se adequem à norma.  A CBF exige o cumprimento das regras de forma escalonada e informará, anualmente, quais critérios devem ser atingidos para a disputa das competições. As punições a quem não se adequar vão de multas ao impedimento de jogar o torneio. Dos clubes de Mato Grosso, os mais próximos de cumprimento das novas regras são Cuiabá, Luverdense, Sinop e União de Rondonópolis. Os tradicionais Mixto, Operário e Dom Bosco não passam nem perto e têm conseguido máximo sobreviver.

Mais Picantes

Sitevip Internet