Olhar Direto

Quinta-feira, 24 de maio de 2018

Notícias / Política MT

Com R$ 9,4 milhões de atraso, servidores de hospital em Sinop ameaçam paralisação

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

11 Jan 2018 - 18:17

Foto: Reprodução

Com R$ 9,4 milhões de atraso, servidores de hospital em Sinop ameaçam paralisação
Os servidores do Hospital Santo Antônio, no município de Sinop (479 km de Cuiabá) anunciaram que vão paralisar os trabalhos na próxima segunda-feira (15), caso o governo do estado não quite os repasses em atraso com a instituição. O valor, segundo a direção da unidade é de aproximadamente R$ 9,4 milhões.

Leia também
Poder Executivo de Mato Grosso deve mais de R$ 400 milhões aos poderes e órgãos autônomos


A decisão foi tomada pelo Conselho Diretor da Fundação de Saúde Comunitária de Sinop, responsável pela administração do hospital filantrópico Santo Antônio. Um ofício anunciando a paralisação em caso de não pagamento foi enviado ao governo nesta quarta-feira (10).

Segundo a instituição, o último repasse que o governo efetuou foi do mês de julho de 2017, totalizando cinco meses de atraso. O Conselho Diretor alega que a inadimplência do Governo tem comprometido a estrutura de atendimento aos pacientes do SUS, pois médicos têm abandonado a instituição para procurar outras formas de subsistência.

O déficit no orçamento da instituição dado a inadimplência do Estado também começa a afetar as famílias dos colaboradores, pois a Fundação já começa a encontrar dificuldade de honrar com o pagamento dos salários.

A decisão do Conselho foi comunicada à Prefeitura de Sinop, ao Ministério Público Estadual, ao Conselho Municipal de Saúde e ao Conselho Regional de Medicina. O hospital Santo Antônio recebe pacientes de toda a região norte de Mato Grosso.

De acordo com a administração são feitos em média cerca de sete partos por dia, o que dá em média 200 partos mês. A oncologia também recebe aproximadamente de 400 pacientes para tratamento quimioterápico por mês.

A reportagem do Olhar Direto entrou em contato por telefone com a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde para ouvir a versão do governo, mas não teve as ligações atendidas. 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • joaoderondonopolis
    11 Jan 2018 às 19:14

    Vixe, também hospital de Sinop está sem receber, meu Deus o que está acontecendo, com uma receita de de 50 milhões de reais por dia?

Sitevip Internet