Olhar Direto

Terça-feira, 21 de agosto de 2018

Notícias / Cidades

Dez pessoas são feitas reféns e torturadas durante assalto; criança foi afogada em privada

Da Redação - Wesley Santiago

12 Jan 2018 - 16:26

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto/Ilustração

Dez pessoas são feitas reféns e torturadas durante assalto; criança foi afogada em privada
Dez pessoas foram feitas reféns entre a noite da última quarta-feira (10) e a madrugada de quinta-feira (11), no bairro Arara Azul, em Nova Mutum (241 quilômetros de Cuiabá). Os bandidos torturaram as vítimas física e psicologicamente durante várias horas e ainda mergulharam a cabeça de uma criança em um vaso.

Leia mais:
Criminosos invadem clínica, levam R$ 15 mil em produtos e fazem taxista refém
 
Segundo consta, os dois criminosos aproveitaram o fim da noite para invadir a residência. Armados, eles anunciaram o assalto e amarraram as vítimas, iniciando assim uma série de torturas. Uma delas, que seria uma criança, teve a cabeça mergulhada dentro de um vaso sanitário, em que os ladrões deram descarga várias vezes.
 
Fios e cintos teriam sido utilizados para amarrar as vítimas. Ainda foi relatado que os bandidos jogaram refrigerante e inseticida no rosto das pessoas. Os criminosos ainda teriam tido tempo para fazer um lanche na casa.
 
As pessoas ainda relataram que os criminosos queriam dinheiro e joias. A residência ficou totalmente revirada. Uma das vítimas é um policial militar do estado de Minas Gerais que está de férias em Nova Mutum. Ele sofreu várias agressões e teve que ser encaminhado para o hospital municipal onde passou por atendimento médico.
 
Os criminosos saíram da casa levando televisão, aparelhos celulares, joias, estepe de um dos carros, caixas de som, roupas e uma série de pertences. (Com informações do Agitos Mutum e Mutum Notícias)

13 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Graci Ourives de Miranda
    13 Jan 2018 às 17:50

    E, se o Estado fosse mais sério? pagaria os policiais com decência. Há pagaria sim. A sofredora é a polícia que , ainda vai tentar encontrar os ladroes, cadê direitos Humanos? cruelmente,quantos policias mortos ? cadê os Direitos Humanos? Se os políticos tivessem orgulho do voto que receberam, estariam preocupados com todos os cidadãos, inclusive propiciar condições para policias, estes que são trabalhadores diferenciados. Então pq não fazem leis mais severas. Escritora Graci Ourives de Miranda

  • Graci Ourives de Miranda
    13 Jan 2018 às 17:37

    Os políticos? homens das Leis? em zona de conforto enquanto o trabalhador sofre humilhação de marginais. Votar sem pensar resulta na crueldade. Bandidos soltos e nós humilhados. Leis severas? cadê Estado:Graci Ourives de Miranda,

  • Nina
    13 Jan 2018 às 14:59

    Esses bandidos são uns vagabundos...fazem mal a todo mundo e nada sofrem, e qdo vão presos tem apoio do governo...para mim cada vez que tivesse um b.o contra cortada um dedo... Quando fosse condenado, trabalhava para se manter... Ai eles iriam pensar mais antes de agir... Cambada de desalmado

  • Um cara com um cigarro na boca
    13 Jan 2018 às 08:50

    Deixe de atacar quem te dá dignidade e voz, ou seja, os direitos humanos. Parem de asnice. Falam um monte de besteira como se fossem uns "anencéfalos". O quem tem a a ver direitos humanos com a proliferação do crime? Os países mais seguros e melhores para se viver os direitos humanos são a cereja do bolo na Constituição deles... querem viver sem os direitos humanos, vão para alguns países africanos ou árabes e fiquem por lá e parem de falar besteiras, seus bestas..

  • Mary
    12 Jan 2018 às 21:59

    Por isso, que o Brasil é o que é. Bandido tem salário maior do que de um trabalhador. Ainda vem o pessoal do “direito desumano” defender essa laia. Mas não vou desistir, tenho fé que essa situação mudará! ??

  • Anônimo
    12 Jan 2018 às 21:50

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Paulo Andre
    12 Jan 2018 às 21:46

    A polícia vai achar esses meliantes e tem que pagar c a vida! Isso não é ser humano e lixo da pior espécie! Do a ROTAM para resolver....

  • Chitara de la Kosta
    12 Jan 2018 às 19:12

    Gentalha escrota

  • Matogrosso
    12 Jan 2018 às 18:52

    Chama os direitos humanos! Ata quem sofreu violência não foi nenhum preso ou criminoso n! Aí não aparece ninguém da ordem indignados n! MP, TJ! TD em paz. Era só mais uma família de trabalhadores sendo humilhados.

  • Leonardo
    12 Jan 2018 às 18:14

    Esse tipo de marginais que os direitos humanos defendem. Até à presdente do supremo está preocupada com eles ao invés de se preocupar .com os cidadãos de bens.

Sitevip Internet