Olhar Direto

Quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Notícias / Política BR

Salgadeira deve reabrir em março com rede de esgoto e administração privatizada

Da Redação - André Garcia Santana/ Da Reportagem Local - Wilson Santos

20 Jan 2018 - 11:30

Foto: Ronaldo Pacheco

Salgadeira deve reabrir em março com rede de esgoto e administração privatizada
Interditada há pouco mais de sete anos, a cachoeira da Salgadeira, em Chapada dos Guimarães (60 km de Cuiabá) deve ser reaberta para visitação em março deste ano. O ponto turístico, um dos mais famosos da região, passou por uma série de adequações, incluindo a implantação de rede de tratamento de esgoto, e passará por um processo de privatização da administração. 

Leia mais:
MPE busca ampliação dos locais de banho, alimentação e do estacionamento na Salgadeira

A previsão agora é de que a cachoeira receba 200 mil visitantes ao ano e gere cerca de 50 empregos diretos. A estimativa foi repassada pelo secretário de Cidades, Wilson Santos, na manhã deste sábado (20), durante inauguração do sistema de água no local. De acordo ele,  a concessão terá concorrência nacional mediada pela Pasta do Turismo. O governador Pedro Taques também participou da solenidade. 

Duas pontes, além da escadaria que vai permitir o acesso a deficientes físicos ao local, já foram entregues. “Vai ser um ponto de visitação padrão. O mundo é assim agora. Se você for a Nobres, só entra com voucher. Tem que se organizar, porque a questão ambiental é muito frágil, não podemos perder isso aqui. Vai ter menos gente? Vai. Mas vamos manter a limpeza, iluminação, segurança”, disse Santos.

A obra do sistema água de Chapada foi construída pela Nhambiquara, que pertence ao presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Eduardo Botelho. Presente no evento, o irmão do parlamentar, Rômulo Botelho, informou que ele não compareceu por motivo de "força maior".
 
A implantação do sistema foi uma das iniciativas mais comemoradas pelo titula da Pasta de Cidades. “Vamos ter uma coisa que considero a mais importante de todas: uma rede coletora de esgoto e uma estação que vai tratar esgoto aqui. Todo dejeto produzido aqui, será devidamente tratado”, disse.

O governador do Estado, Pedro Taques (PSDB) lembrou a cidade já conta com curso de preparação para bares e hotéis e agora terá também a oferta para o ensino de  línguas, em parceria com a Igreja Presbiteriana. “Agora a Sedec, por meio da Desenvolve-MT, vai disponibilizar R$ 5 milhões para o turismo de Chapada dos Guimarães” Disse. O Custo é de 5% ao ano com carência de 24 meses. 

 

13 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Tânia
    12 Mar 2018 às 15:23

    Falou, falou, falou, mas o principal não foi falado. Afinal, vamos poder tomar aquele banho gostoso na cachoeira??

  • sócó baleado
    22 Jan 2018 às 11:09

    dinheiro pra arrumar outras coisas tem, mas pra pagar funcionario publico em dia não, chateado com o governador.

  • Ana da Cachoeira
    22 Jan 2018 às 10:53

    Acho digno privatizar. É uma tristeza ir na Martinha final de semana e ver lixo para todos os cantos, pelo menos privatizando a concessionaria terá a obrigação de manter limpo, já que os usuários não os deixam. Olhe a Cachoeira da Geladeira em Chapada, você vê sujeira de churrasquinho na beira do rio? NÃO, pois é cobrado. Se o povo não tem consciencia de conservação, então que não vá!

  • sheila
    22 Jan 2018 às 09:30

    Está complicado o lazer em Cuiabá.. Todos os lugares estão sendo cobrados, tudo privatizado. Cidade quente, os cuiabanos amam banho de rio e está cada vez mais dificil encontrar um rio que não cobra entrada, com tudo caro.. Qualidade de vida ruim..

  • paulino marques
    22 Jan 2018 às 09:28

    a salgadeira e do povo....a ele pertence.tudo agora e privatizar e o povo mais humilde nao tem direito a lazer gratuito. As eleiçoes vem ai ..........

  • Professor
    22 Jan 2018 às 09:22

    EDIVALDO primeiro aprenda a escrever para depois cobrar dos outros!!!! SALADEIRA REPORTR KKKKKKKKK

  • João Capivari
    21 Jan 2018 às 23:21

    Pena que a maior parte dos frequentadores nem sabe o que é preservação, respeito ao meio ambiente!

  • totó
    21 Jan 2018 às 19:15

    Até que em fim, criaram vergonha na cara!!!!!!!!!!!

  • Adriano
    21 Jan 2018 às 15:48

    Infelizmente devemos pagar para reformar e depois pagar para usufruir pois alguns não tem á cultura de preservação para manter o local limpo e sem maltratar o meio ambiente pois si vê muitas churrasqueiras no Coxipo do ouro á beira do Rio várias latinhas jogadas á beira do Rio e si dessa forma continuar aquele local não vai passar de mais uma lembrança de bons tempos

  • Edivaldo
    21 Jan 2018 às 14:15

    A saladeira está no município de Cuiabá estuda geografia caro reportr

Sitevip Internet