Olhar Direto

Segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Notícias / Cidades

Agente penitenciário é assassinado com três tiros por homem mascarado em Várzea Grande

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

17 Fev 2018 - 06:07

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Agente penitenciário é assassinado com três tiros por homem mascarado em Várzea Grande
O agente penitenciário Rosenil Pereira Ibanhez, de 44 anos foi assassinado com disparos de arma de fogo no bairro Carrapicho, em Várzea Grande na noite desta sexta-feira (16). O servidor havia sido condenado no ano à seis anos de prisão por ter levado mais de 30 aparelhos de telefones celulares a presos de altíssima periculosidade da Penitenciária Central do Estado.

Leia mais 
Agente penitenciário é condenado por distribuir celulares a presos de altíssima periculosidade


Segundo informações fornecidas pelo 25° Batalhão da Polícia Militar, o corpo de Ibanhez foi encontrado caído com ferimentos atrás de uma residência. Moradores da região relataram aos PMs que o agente parou com uma motocicleta em frente da casa e pediu por um cigarro à um morador, momento em que um homem usando uma máscara saiu de trás da casa efetuando disparos contra ele.

A vítima ainda saiu correndo para se proteger, mas acabou sendo atingida três vezes e caiu. O atirador fugiu do local correndo e não foi mais visto. A morte foi confirmada cerca de 10 minutos depois com a chegada de uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Peritos criminalistas e policiais civis liberaram o corpo que foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). Até o momento nenhum suspeito de ter cometido o crime foi detido.

Ibanhez havia sido detido pelo Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado (GCCO) no dia 27 de março de 2017 por tentar entrar na Penitenciária Central do Estado, onde estava lotado, com 31 aparelhos telefônicos, que seriam vendidos por R$ 300 cada a detentos de altíssima periculosidade.

No mês de setembro, a juíza Selma Rosane Arruda, da Sétima Vara Criminal o condenou à seis anos e três meses de prisão pelo crime. A pena acabou sendo revertida para prestação de serviços comunitários durante uma hora por dia, em oito semanas e o restante no regime semiaberto.

Em um vídeo que circulou nas redes sociais no ano passado, o agente com uma arma de fogo em punho mandou recado ameaçando presos.

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Fala a verdade
    17 Fev 2018 às 21:24

    Quem o prendeu em flagrante foi o próprio Diretor Roberval com parceria de informação com o GCCO...ele nao ameaçou preso ele deu o troco de outra ameaça..Sejam verdadeiros

  • socó baleado
    17 Fev 2018 às 18:08

    depois falam em colocar bloqueador de celular em presidios, tem que inibir a entrada na vistoria, não deixar entrar, mas o funcionario é o primeiro a deixar entrar pra ganhar um dinheirinho. tem que ser excluido sem direito a nada.

  • Fudum
    17 Fev 2018 às 11:27

    Separem o joio do trigo..

  • SOLDADO zémané
    17 Fev 2018 às 10:16

    ???TAVA CAÇANDO e achou "quem dá recado e manda" RECEBE

Sitevip Internet