Olhar Direto

Notícias / Cidades

Fotógrafo foragido do Maranhão é preso enquanto fazia cobertura em delegacia

Da Redação - Vinicius Mendes

16 Mai 2018 - 08:20

Foto: Reprodução

No detalhe: o fotógrafo Welikis Gomes de Aquino

No detalhe: o fotógrafo Welikis Gomes de Aquino

O fotógrafo Welikis Gomes de Aquino, conhecido como "Gil Gomes", foi preso nesta terça-feira (15) enquanto fazia a cobertura da apreensão de mais de 250 quilogramas de maconha em Jaciara (144 km ao Sul). A Polícia Civil foi informada sobre um mandado de prisão do Maranhão e prendeu o suspeito. Ele foi condenado pelos crimes de furto e roubo.

Leia mais:
Piloto de aeronave abatida com 500 kg de drogas ainda é procurado e morte não é descartada; fotos e vídeos
 

O suspeito é conhecido em Jaciara, como “Gil Gomes”, já foi diretor de departamento do município, no ano de 2017 e fez a cobertura jornalística da inauguração da nova sede da Delegacia. Na tarde desta terça-feira (15), os policiais foram informados do mandado de prisão, decretado pela Justiça de Estreito (MA), contra o foragido, enquanto ele fotografava a apreensão da droga na delegacia.

Após ser cientificado da ordem de prisão em seu desfavor, o procurado foi recolhido à cela e tomadas as providências de praxe para cumprimento do mandado. Ele foi condenado a seis anos e quatro meses de reclusão pelos crimes de roubo e furto.
 
Mais de 250 quilos de maconha
 

Um carregamento de 204 tabletes de maconha que teria como destino a cidade de Jaciara foi apreendido, na manhã desta terça-feira (15), em ação integrada da Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar do município. Os tabletes variam entre 1,8 kg a 2 quilos, cada, podendo chegar a cerca de 300 quilos a carga apreendida. A pesagem oficial será feita em Rondonópolis, pela Perícia Oficial e Identificação Técnica.
 
A ação, deflagrada com base em informações repassadas pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis, resultou na prisão de Pablo Pedro Alves Machado, 22, e Paula Machado dos Santos, 28, autuados em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.
 
As diligências iniciaram após a equipe da Derf Rondonópolis acionar os policiais da Delegacia de Polícia de Jaciara, sobre o veículo que estaria transportando grande quantidade de entorpecentes, que teria como destino final o município.
 
Com base nas informações, os policiais civis com apoio dos policiais militares iniciaram o trabalho de monitoramento na Rodovia BR 364, e após certo tempo, lograram êxito em avistar o automóvel Ford Fiesta, com duas pessoas e mesmas características da denúncia, trafegando próximo ao município de São Pedro da Cipa.
 
Os policiais realizaram acompanhamento tático do veículo, o qual foi abordado em uma via pública na entrada da Usina de Jaciara. Durante buscas, foram localizados os tabletes de maconha, acondicionados no banco traseiro e no porta-malas do veículo.
 
Diante do flagrante, o carregamento de entorpecente foi apreendido e o casal conduzido à Delegacia de Polícia de Jaciara. Após serem interrogados, os suspeitos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico, no procedimento lavrado pelo delegado, João Paulo Praisner, que assumiu a titularidade da Delegacia de Jaciara.

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Zé Rolha
    16 Mai 2018 às 15:05

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK brasil sil sil sil sil...

  • Dora Aventureira
    16 Mai 2018 às 11:32

    Raykka... Ele entrou no erro pq quis, sabia das consequências. Agora filhão, colhe aí seus frutos! Todo mundo sabe o que é certo e errado, sabe que se fizer tal coisa, acaba preso ou morto... Não indo pra nenhum dos dois lados (cadeia/vala) vai seguir na vida fácil.

  • Raykka
    16 Mai 2018 às 09:19

    olha só, a matéria da maneira que vcs (olhar direto) colocaram da a entender que o fotografo esta envolvido com apreensão de drogas feita... Cara esse rapaz ai Gil é um cara sensacional, trabalhador honesto, errou no passado sim e vinha respondendo pelos erros dele. Ele esteve no Ma (Barreiras) se apresentou e informou endereço e local em que estava trabalhando lá em Jaciara. O advogado dele de lá que não acompanhou o processo deixando chegar a este ponto... Ele é muito querido em Jaciara, comprometido com o trabalho dele muito responsável um cara sensacional ... Claro que ele tem que pagar pelos erros dele. Mas ele vem tentando acerar mas tanto a midia quanto a sociedade é muito preconceituosa e implacável quando é pra execrar o ser humano que errou sim! Mas que vem tentando acertar. Por favor olhar direto refaçam esta foto. Não o condenem alem da pena que lhe é conferida! Grata...

  • JOSE NILDO
    16 Mai 2018 às 08:36

    kkkk só brasil mesmo foragido fazendo reportagem na delegacia.....essa foi a prisão mais dificil para a policia de jaciara kkkk

Sitevip Internet