Olhar Direto

Sábado, 15 de dezembro de 2018

Notícias / Política MT

Proposta de passar Parque de Chapada para o Estado divide opiniões e irrita ambientalistas

Da Redação - Vinicius Mendes

18 Jun 2018 - 17:35

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Proposta de passar Parque de Chapada para o Estado divide opiniões e irrita ambientalistas
Foi realizada nesta segunda-feira (18) uma audiência pública na sede da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, para discutir o projeto, de autoria do deputado estadual Wilson Santos (PSDB), que propõe que o Parque Nacional de Chapada dos Guimarães seja administrado pelo Governo do Estado e deixe de ser de posse e domínio federal.
 
Estiveram presentes ambientalistas e donos de propriedades da região, além do deputado federal Valtenir Pereira (MDB). Os opositores do projeto afirmam que o Estado não possui recursos para gerir o parque, já os defensores afirmam que o Governo Federal é distante e que melhorias não têm ocorrido.
 
Leia mais:
MPF questiona capacidade legal e financeira de MT gerir Parque de Chapada dos Guimarães
 
De acordo com o autor do projeto, o deputado Wilson Santo, a ideia surgiu depois que ele visitou um parque na Argentina, que era da administração Federal, mas depois que passou para a Estadual recebeu melhorias. A intenção, segundo ele, é trazer a discussão à tona, para que Chapada dos Guimarães seja lembrada pelo poder público.

“O que nós queremos provocar com esta audiência é uma discussão, os proprietários aceitam sair do parque, e a constituição diz que podem ser indenizados desde que pagos antecipadamente. Nós queremos uma solução, até porque já se passaram 29 anos e dois meses e o parque está praticamente do mesmo jeito que se encontrava há três décadas”, disse o deputado.

Atualmente o parque é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), uma autarquia vinculada ao Ministério do Meio Ambiente. O Parque Nacional de Chapada dos Guimarães foi criado em 1989. Desde então, muitas das atrações foram fechadas.

Este foi um dos motivos para que o deputado federal Valtenir Pereira comparecesse à audiência. Ele foi convidado pelo deputado Wilson Santos, que pretende que ele leve o projeto à Brasília.

“Eu lembro, quando ainda criança, aqui em Cuiabá era muito famosa a Salgadeira, o morro de São Gerônimo, o Véu de Noiva, eu visitei estes pontos turísticos, e hoje está tudo fechado, então precisamos entender isso verdadeiramente, e como parlamentar fazer articulação junto ao Governo Federal, essa é a nossa missão. Tudo, claro, observando dados técnicos para ver qual é a melhor estratégia para a sociedade”, disse Valtenir.

O ambientalista e fotógrafo Mario Friedlander é contra a proposta. Ele acredita que haja algum outro motivo para a criação do projeto, já que agora o parque começou a receber melhorias.

“Isso é uma palhaçada, estão querendo tumultuar o ambiente, que pela primeira vez está vendo todo um trabalho de fortalecimento do órgão ambiental federal e a coisa está sendo encaminhada. Nunca o parque esteve tão estruturado então porque propor tirar da esfera federal, que é muito mais consolidada, e jogar para a esfera estadual, que é o caos que a gente vivencia todos os dias, não tem sentido, qual é o objetivo por trás desta proposta?”.

O Ministério Público Federal já se manifestou sobre o assunto, questionando principalmente o orçamento do Estado, “que já lhe tem comprometido o bom cumprimento de suas mais básicas obrigações financeiras, pondo dúvida sobre sua real capacidade de gerir e aportar recursos em grau mais satisfatório em uma das mais importantes e sensíveis undidades de conservação do estado".

Os moradores da região responderam dizendo que o próprio ICMBio já não possui recursos para administrar o parque, já que a arrecadação é centralizada em Brasília, e acreditam que se o Estado for o administrador poderá centralizar recursos arrecadados para o parque. O deputado Wilson Santos está ciente que o Estado não possui autoridade para fazer esta alteração, mas pretende gerar esta discussão.

“O parlamento estadual é consciente disso , não tem autoridade para fazer essa transformação, nós queremos é que haja uma discussão. Se Valtenir for convencido poderá apresentar o projeto em Brasília. Do jeito que está não está bom, não tem condições de continuar”.

15 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Zeca
    19 Jun 2018 às 09:36

    O estado não está dando conta de pagar a folha dos servidores, coo assumir o Parque de Chapada? Já não cuida dos que estão sob sua responsabilidade como o da Serra de Santa Bárbara, Ricardo Franco, Araguaia, Cristalino, Serra Azul, Xingu e outros!

  • José
    19 Jun 2018 às 08:43

    Salgadeira fechada por anos, trilhas fechadas a visitação, tudo proibido, restaurante e bares são obrigados a cumprir exigências ridículas para "preservação" do meio ambiente, resumindo: uma piada. Parques na Argentina, EUA e Europa tem estrutura e leis e são abertos ao público que é educado e preserva. Propostas que vem do Valtenir não devem ser levadas em conta, sempre tem um caráter populista e eleitoreiro, não se enganem. Privatiza já que a coisa funciona como nunca.

  • damiao
    19 Jun 2018 às 07:08

    Wilson, sempre votei em vc. mais com o passar do tempo analisei que não compensa mais votar em reeleições de qualquer esfera, se continuarmos a votar em reeleições nunca mudara este senário de corrupção do pais. Um adendo referente a reportagem o Sr. Wilson tem uma área na região do parque sera que tem algum interesse?

  • Tulio Joaquim
    19 Jun 2018 às 06:57

    O Estado não está quebrado, com dificuldade para honrar seus compromissos?? Não é isso que o Sr. Wilson Santos e Paulo Taques vivem dizendo? Pra que diabos querem mais esse compromisso então? É uma pergunta retórica, é claro, pois a resposta é óbvia: para sucatear e destruir o parque de chapada e deixar ele vulnerável a especulação imobiliária, aos grileiros (grandes grileiros são políticos e empresários sacanas, é a história do nosso estado). Vão acabar com o Parque de Chapada, não tenha dúvidas.

  • Rafael
    19 Jun 2018 às 06:45

    O Estado nao tem competência para para administrar, tampouco preservesar uma área de conservação ambiental igual ao Parque Nacional se Chapada dos Guimarães. O Estado quer estadualizar, sucatear e posteiormente tercerizar a área.

  • Thiago
    19 Jun 2018 às 05:45

    Prezados bom dia! Projeto vindo do senhor wilson santos, tem rolo no meio converteza , vamos aos fatos o parque esta sendo bem administrado pelo governo federal, varias revitalozação sendo feita, nada mais e que o estado esta de olho nos recursos federal e ja que desviar um cadinho para os cofres estaduais. Gente precisamos de escola , policlinicas, hospitais decente este e grande gargalo da nossa cidade . isso sim e prioridade wilson vai nesta vertente, cuida do povo se o mesmo tem saude quem sabe um dia ele possa visitar o parque. Mas população investigue o projeto não deixe ser aprovado wilson e vatenir juntos lhes garanto não e coisa boa. Att, Povo cuiabano.

  • Adevair Oliveira
    19 Jun 2018 às 05:31

    O parque Nacional de Chapada dos Guimarães, com a condução "cega" do ICM-Bio aniquilou o Turismo em Chapada dos Guimarães que tinha fama internacional. Não se vê mais nenhum turista em Chapada. Matou a cidade turistica. é preciso mudar essa politica URGENTE.

  • Adevair Oliveira
    19 Jun 2018 às 05:27

    O parque Nacional de Chapada dos Guimarães, nos moldes atuiais de administração, é o pior atraso para a comunidade de Chapada e toda a baixada cuiabana. É preciso enfrentar com coragem essa questão. As politicas do Parque retirou Chapada dos Guimarães da rota turistica Nacional e internacional. O prejuizo é imenso. Hoje Chapada vive somente das idas e vindas do povo da baixada cuiabana. Que pena !!!

  • Nhenheko
    18 Jun 2018 às 23:25

    Hum!!!! sei não!!!!! aí tem...........

  • Cuiabano
    18 Jun 2018 às 22:58

    Olha quem está encabeçando essa ideia!?! O Galinho tentando aparecer novamente. WS seu ovo gorou. Nem pra síndico você se elege mais. Tchau, vá de retro, volta a dar suas aulinhas de cursinho que você se torna mais útil à sociedade.

Sitevip Internet