Olhar Direto

Quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Notícias / Esportes

França bate Croácia por 4 a 2 e alcança título de bicampeã mundial

Da Redação - Isabela Mercuri

15 Jul 2018 - 12:53

França bate Croácia por 4 a 2 e alcança título de bicampeã mundial
A França fez quatro gols na Croácia na manhã deste domingo (15), e levou para casa o título de bicampeã da Copa do Mundo. O primeiro título da seleção foi em 1998, em casa, quando ganhou do Brasil por 3x0. Naquele ano, ela já tinha eliminado a Croácia, a Itália e o Paraguai. Agora, a França levou o bicampeonato com craques como Griezmann (do Atlético de Madrid), Pogba (do Manchester United) e Mbappé (Paris Saint-Germain), após eliminar a Bélgica. 

Leia também:
Após eliminação, cuiabanos aproveitam última "folga da Copa"



O primeiro gol da final da Copa de 2018 foi da França, aos 17 minutos do primeiro tempo. Griezmann cobrou uma falta na área, perto do segundo poste. Varane subiu, tentou o desvio, mas não alcançou a bola, que tocou na cabeça de Mandzukic e foi direto para o ângulo de Subasic.

A Croácia empatou aos 27 também do primeiro tempo, quando Modric cruzou para a beira da área, onde Vrsaljko subiu e escorou para o meio. Mandzukic brigou no alto com Pogba, e Rebic também desviou. Vida pegou a sobra e escorou para Perisisc, que limpou Kanté com o pé direito e chutou com o pé esquerdo. A bola desviou em Varane e foi para o fundo das redes. Aos 38’, a França virou o jogo, com Griezmann cobrando no canto esquerdo de Subasic, que caiu para a direita.

No segundo tempo, aos 13 minutos, Pogba deu um lançamento para Mbappé, que foi à linha de fundo e cruzou. A bola chegou para Griezmann, que segurou a bola e rolou para Pogba. O volante batou de pé direito em cima da zaga, mas pegou o rebote e chutou de pé esquerdo - surpreendendo Subasic, que deixou a bola passar.

Aos 19’, Hernández fez uma jogada pela esquerda, passou por Mandzukic e tocou no meio para Mbappé. O camisa 10 francês recebeu na entrada da área e, com espaço, bateu firme. A bola foi no canto de Subasic.

Mandzukic, que já havia feito um gol contra, fez um à favor da Croácia aos 23 minutos, levando o placar aos 4x2. Kanté recuou a bola para Lloris, que, sozinho, segurou a bola e tentou driblar Mandzukic. O croata chegou para a dividida, tomou a bola e fez o gol.

A França acabou levando o título para casa. O jogo aconteceu no estádio Luzhniki de Moscou. O árbitro do confronto foi o argentino Nestor Pitana. Esta foi a primeira vez que a Croácia chegou a uma final de Copa do Mundo. A própria Copa foi marcada pelos resultados inesperados, como a eliminação da Alemanha pela Coreia do Sul ainda na fase de grupos, de Portugal pelo Uruguai nas oitavas de final, e do Brasil pela Bélgica, nas quartas de final.

*Com Globo Esporte.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Carlos
    16 Jul 2018 às 06:42

    O Cuiabá Esporte Clube aplica uma sonora goleada de 5 x0 no Joinville na série C praticamente garantindo pela primeira vez a sua presença na segunda fase e até agora eu não vi nenhuma nota aqui!!! Temos que prestigiar o dourado!!

  • DEBLAIR
    15 Jul 2018 às 20:29

    com juiz argentino roubando para a frança é facíl ganhar né.

  • Mulher ma
    15 Jul 2018 às 15:22

    Jogar com juiz favorecendo é fácil ganhar. A Croácia merecia muito mais ganhar do que esse time meia boca que praticamente não fez nada durante a copa.parabens pra Croácia por jogar com amor a camisa E não por euros no bolso.