Olhar Direto

Sábado, 20 de outubro de 2018

Notícias / Meio Ambiente

Usina que despejou dejetos em rio de Jaciara havia sido embargada, afirma Sema

Da Redação - Fabiana Mendes

28 Jul 2018 - 14:39

Foto: Reprodução

Usina que despejou dejetos em rio de Jaciara havia sido embargada, afirma Sema
A usina Porto Seguro, apontada como responsável por despejar dejetos no Rio Tenente Amaral, em Jaciara (a 143 quilômetros de Cuiabá), teria sido embargada no mês de junho por captação de água sem outorga e operação de área de fertirrigação em desacordo com as licenças ambientais. A informação repassada pela Secretaria do Estado e Meio Ambiente (Sema), por meio de nota. O rio amanheceu com água escura e mau-cheiro na quinta-feira (25). A poluição causou a morte de peixes e também impediu a entrada de banhistas. 

Leia mais: 
Dejetos de usina deixam rio em Jaciara com água escura e mau-cheiro; veja fotos e vídeos

De acordo com o município, uma equipe do Meio Ambiente verificou no momento da inspeção e constatou que houve um erro operacional de uma usina, em uma das lagoas de contenção da vinhaça (resíduo originário da cana-de-açúcar). A Sema afirma que a usina estava embargada. A pasta também irá apurar se houve descumprimento do embargo.
 
Nesta sexta-feira (25), uma equipe da Sema monitora a poluição do rio, por meio de uma sala de situação, e também apura as causas e responsabilidades do acidente, além do dano causado ao local. 
 
A sala de situação que acompanha o caso é formada pelo Gabinete de Secretário de Estado de Meio Ambiente, Coordenadoria de Fiscalização de Empreedimentos, Superintendência de Recursos Hídricos, Coordenadoria de Indústria, Diretoria de Unidade Desconcentrada de Rondonópolis, Coordenadoria de Monitoramento de Qualidade Ambiental, Batalhão de Emergências Ambientais do Corpo de Bombeiro Militar (BEA - CBMMT), Delegacia Estadual de Meio Ambiente (DEMA) e comissão P2R2. 
 
Para efeitos de publicidade e transparência, a sala de situação irá informar a população sobre a situação do rio a medida que novas informações e deliberações do caso surgirem.
 
O caso
 
Conhecido como um dos principais pontos turísticos mato-grossenses, o Rio Tenente Amaral, em Jaciara (a 143 quilômetros de Cuiabá), amanheceu com água escura e mau-cheiro nesta quinta-feira (25), decorrente de um erro operacional de uma usina, que soltou resíduos de cana de açúcar no rio. A poluição causou a morte de peixes e também impediu a entrada de banhistas. 

Outro lado 

NOTA - USINA PORTO SEGURO

A Usina Porto Seguro lamenta o acidente que ocasionou o vazamento de vinhaça no Rio Tenente Amaral, em Jaciara, e informa que já tomou todas as medidas para conter o vazamento - já estancado.

A empresa esclarece que as obras de reforço do reservatório - onde ocorreu o acidente - estavam sendo realizadas para adaptar as exigências da Sema na autuação feita no final do mês passado, o que demonstra a preocupação da empresa com as exigências ambientais e legais.

A Usina também garante que vai tomar todas as medidas para reparar os danos ambientais causados e está cooperando com a "sala de situação", montada pela Sema, para acompanhar a situação na região.

A Usina Porto Seguro emprega mais de 1,5 mil funcionários só na região do Vale do São Lourenço e atua há quase 5 anos com excelência e responsabilidade e, desta forma, está atuando para sanar e reparar os efeitos deste acidente.

A Porto Seguro reconhece a sua dependência de um meio ambiente preservado pois é dele que provém a matéria prima para os seus produtos como milho, cana, água, terra, bagaço e cavaco.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet