Olhar Direto

Quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Notícias / Política MT

Mauro afirma que Taques não é seu porta-voz e cortará comissionados

Da Redação - Wesley Santiago/Érika Oliveira

08 Ago 2018 - 08:24

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Mauro afirma que Taques não é seu porta-voz e cortará comissionados
O pré-candidato ao Governo, Mauro Mendes (DEM), rebateu as declarações do governador Pedro Taques (PSDB), um de seus principais adversários na eleição deste ano, sobre insinuações de que ele irá demitir servidores caso assumissa o comando do Executivo: “Pedro Taques não é o meu porta-voz. Ele não consegue falar pelo Governo dele e fica tentando falar por mim”. O democrata garantiu que cortará cargos comissionados e fará outras medidas para enxugar a máquina pública. Questionado sobre a presença de Fábio Garcia em seu staff, Mauro desconversou e disse que não está pensando nisto.

Leia mais:
Acordo nacional do PDT pode vetar aliança entre Pivetta e Mauro Mendes
 
“Pedro Taques não é o meu porta-voz. Ele não consegue falar pelo Governo dele e fica tentando falar por mim. Fala por mim eu mesmo, ou alguém que eu expressamente nomeio para isso. Eu nunca disse isso, ele está fazendo fofocas, intrigas, como é muito peculiar dele ao longo desta administração. Eu nunca disse isso”, afirmou Mauro Mendes em entrevista exclusiva ao Olhar Direto, ao ser questionado sobre entrevistas que Pedro Taques deu recentemente sobre o tema.
 
O ex-prefeito prometeu enxugar tudo aquilo que considera desnecessário: “vou cortar cargos comissionados, penduricalhos de políticos, cargos que são desnecessários hoje e vou respeitar todos aqueles que trabalham e que prestam serviço importante ao Estado e ao cidadão”, afiançou.
 
As declarações do governador Pedro Taques foram dadas após críticas de Mauro à administração do tucano, alegando que ele nunca encaminhou as reformas administrativa e tributária ao Legislativo e foi um mau gestor.
 
“Quando se fala em reforma do Estado, precisamos perguntar ao cidadão que tipo de reforma? Mandar servidor público embora? Em qual área? Tem gente aí dizendo que vai diminuir o número de servidor. Vai mandar professor embora? Mato Grosso tem 40 mil profissionais da Educação. Vamos mandar professor embora? Eu não vou mandar professor embora”, disse Taques na ocasião.
 
Também recentemente, circula pelos bastidores do Democratas que o presidente da sigla, Fábio Garcia, já teria cargo garantido na gestão de Mauro Mendes, em caso de vitória nas urnas. O deputado federal comandaria a Secretaria de Governo e Projetos Estratégicos, que viria substituir a atual Casa Civil.
 
Sobre isto, Mauro declarou que “nunca foi falado isso, quem falou isso mentiu descaradamente mais uma vez. Nem em nenhum cargo, neste momento a nossa preocupação é em trabalhar, falar a verdade, discutir Mato Grosso, seus problemas e o seu futuro e tentarmos ganhar a eleição”.

32 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Carlinho
    09 Ago 2018 às 11:18

    Esse Pedro Taques criticava o Silval, ele que disse na campanha que ia diminuir os cargos comissionados, ele fez foi aumentar o salário deles, criando mais cargos de DAS. Pedro Fazendo terrorismo.

  • Ângelo
    09 Ago 2018 às 10:12

    Se enxerga seu playboy ... se tentar demitir servidor público você simplesmente não vai governar ... tá achando que o estado é o seu quintal? Se junta com Bezerra e com a família Campos e acha que têm moral pra cantar de galo? Vai tomar uma surra ...

  • Vilma
    09 Ago 2018 às 09:47

    Servidor público que hoje arrota caviar a partir do ano que vem vai arrotar sardinha. É isso aí Mauro, vc está correto. Kkkkkk

  • Raquel
    09 Ago 2018 às 08:30

    Excelente Mauro, você ganhou meu voto, tem que demitir mesmo, inclusive servidores estáveis que não fazem nada, só servem pra fazer greve. Outra coisa que também achei ótimo é o congelamento do RGA por 10 anos, como o Jaime e o Bezerra sugeriram.

  • rafaela regina
    08 Ago 2018 às 21:33

    Nao entendi essa de MM. Fala tanto que o atual Governador foi ruim para o Estado e para os servidores e agora ja ta falando que ira cortar gastos com servidores e enxugar a maquina. So nao ve quem nao quer que esse ai sim sera bem ruim para os servidores

  • Ferro entrando
    08 Ago 2018 às 19:59

    Já começou entrar o FERRO, se preparem.

  • leandro
    08 Ago 2018 às 18:12

    Se cortar so os servidores com o sobrenome Taques já enxuga a maquina

  • jose
    08 Ago 2018 às 16:04

    oba os sinais já começaram quero ver o povo ano que vem fazer greve igual o que a seduc eo resto fizeramm por causa de RGA.

  • Paulo
    08 Ago 2018 às 12:48

    Vai cortar nada, se brincar aumenta.....com o tamanho dessa coligação, e os nomes coligados. Vai ter que ter muuuuuuuito carguinho para acomodar todo mundo.......Imagina só o Bezerra e os Campos, a quantidade de gente.....kkkkkkk......espero pra ver servidorzinho reclamando....kkkkkkkkkkkkk

  • Moacir de Araujo
    08 Ago 2018 às 12:22

    Pergunte ao MM o que ele fez com a CAB depois da intervenção,......na calada da noite foi vendida pra outra empresa lá em sampa....e depois foi pra China.....sei não.....e a mineradora comprada com esquema que aposentou o Juiz...sócio de Silvalde....

Sitevip Internet