Olhar Direto

Quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Notícias / Política MT

Operadoras têm 120 dias para acabar com 'emaranhado' de fios no Centro Histórico de Cuiabá

Da Redação - Wesley Santiago/Da Reportagem Local - Vinícius Mendes

07 Ago 2018 - 16:44

Foto: Rogério Florentino Pereira/OD

Operadoras têm 120 dias para acabar com 'emaranhado' de fios no Centro Histórico de Cuiabá
O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), notificou empresas de telefonia, internet e TV a cabo para que acabam com o emaranhado de fios que existe no Centro Histórico da capital mato-grossense. O prazo para que tudo esteja nos conformes é de 120 dias. Além disto, o Executivo municipal não terá nenhum prejuízo em seus cofres.

Leia mais:
Prefeitura e Energisa estudam implantação de cabeamento subterrâneo no Centro Histórico
 
“Inicialmente, determinei um prazo de 120 dias que será monitorado e avaliado a cada 30 dias – pessoalmente por mim e pela minha equipe – para se promover como projeto piloto a limpeza deste visual aéreo da fiação dos postes da rede de energia elétrica, que envergonha a nossa cidade e representa um tapa na cara da população, além de colocar em risco até a segurança de todos”, explicou Emanuel Pinheiro.
 
A Secretaria de Serviços Urbanos e de Meio Ambiente estarão acompanhando e monitorando os trabalhos durante estes 120 dias. Elas ficarão responsáveis por fazer um banco de imagens com a evolução da limpeza.
 
Emanuel ainda lembrou que notificou as empresas: “A Energisa está sendo parceira, esta sendo notificada. Como prefeito, notifiquei todas as empresas de telefonia (Oi, Claro, Tim, Vivo, Net, TV a Cabo) para que promovam em 120 dias, com custo deles, a limpeza completa de toda esta fiação, este emaranhado de fios que polui o visual aéreo de nossa capital. Vamos começar pelo Centro Histórico (avenida Prainha, rua Thogo Pereira, avenida Mato Grosso e rua Estevão de Mendonça)”.
 
“O custo será todo das operadoras. A Energisa ponderou que 98% deste emaranhado de fios é de responsabilidade das operadoras de telefonia, internet e TV a Cabo. Fui para cima deles com apoio da Energisa, que foi parceira. Eles pediram um prazo, queria em 90 dias, mas houve negociação e fechou-se em 120 dias. Até a primeira quinzena de dezembro teremos o Centro Histórico limpo, resgatado”, finalizou o prefeito.
 
De acordo com o prefeito Emanuel Pinheiro este pacto, em primeiro momento, vale-se do viés das comemorações dos 300 Anos de Cuiabá e no anseio dar mais esse presente para a cidade. Entretanto, Pinheiro ressalta que a principal proposta é garantir a segurança dos transeuntes que circulam pelo Centro Histórico da Capital e, em um segundo momento, estender a mesma ação nos bairros.

9 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • REGINA
    08 Ago 2018 às 09:43

    PREFEITO DA UMA FISCALIZADA EM TODOS OS BAIRROS PRA VER A ILUMINAÇÃO PRECÁRIA , POSTES COM LÂMPADAS QUEIMADAS UMA ESCURIDÃO , QUE SEGURANÇA TEMOS? E O IMPOSTO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA SENDO COBRADO SEM OFERECER SERVIÇO DE QUALIDADE.

  • Gonçalo
    08 Ago 2018 às 08:09

    Então pague logo seu Jose Olavo,pois decreto tem que ser cumprido.

  • Feliphe coimbra
    07 Ago 2018 às 22:56

    Cheguei em Cuiabá a uns 6 meses e percebi esse problema dos fios não somente no centro histórico, mas por toda a cidade. Gente, tem fios e fios caídos no chão por todo lado. Sem falar que tem fios que não estão no chão mas seria melhor se estivessem, pois estão tão baixos que temos que desviar deles. Um exemplo bem nítido é na esquina entre a avenida do CPA com a avenida Dr. Hélio Ribeiro. Acho que a prefeitura tem que realmente fiscalizar, mas fiscalizar a cidade toda. Infelizmente também duvido muito que eles cumprirão esse prazo de 120 dias e também duvido que o ilustre prefeito fará alguma coisa quando passado esse prazo.

  • Regina
    07 Ago 2018 às 22:36

    Parabéns prefeito e equipe envolvida a tempos Cuiabá estava carente de um gestor sensível a melhorar o visual da missa cidade... teoria da janela quebrada... onde há aspecto de desleixo atrai vandalismo e mais desleixo....Cuiabá merece estar Bela sempre, mas em especial para os 300anos

  • Márcio
    07 Ago 2018 às 20:47

    Na cidade inteira está um caos a fiação das crias telefônicas . Não existe uma rua sem cabos caídos , rompidos e a cada dia mais e mais cabos caídos e os consumidores sempre sem solução.....

  • Felipe
    07 Ago 2018 às 20:43

    Não creio que algo irá mudar, espero que esteja errado. A prefeita de Várzea Grande poderia copiar a ideia, o centro de várzea grande sofre do mesmo problema.

  • Areal
    07 Ago 2018 às 18:28

    Duvido elas atenderem o município...devem a essa hora estarem rindo e muito da cara do prefeito

  • Augusto
    07 Ago 2018 às 17:21

    Se acabasse com esses fios no centro de cuiaba... podia plantar arvores no meio do calçadao pra gente poder andar na sombra.. e assim as arvores cresceriam livres.. ficaria lindo..

  • Jose Olavo
    07 Ago 2018 às 17:02

    Essa eu pago pra ver, essas empresas não respeitam nem seus consumidores piorou o estado, duvido que realizem tal serviço que teria um custo astronomico para elas.

Sitevip Internet