Olhar Direto

Quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Notícias / Política MT

Prefeito faltou convenção para não causar desconforto e aguarda aval para apoiar Fagundes

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

09 Ago 2018 - 14:31

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Prefeito faltou convenção para não causar desconforto e aguarda aval para apoiar Fagundes
Sem comparecer em nenhuma convenção no último final de semana, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) explicou ter se ausentado para não causar desconforto ao seu partido e as demais siglas, por conta de seu desejo de apoiar a candidatura do senador Wellington Fagundes (PR) ao governo, na contramão do MDB, que está no palanque de Mauro Mendes (DEM).

Leia também
Presidente do TJ rejeita apelo da Câmara e Malheiros segue impedido de disputar reeleição


De acordo com o prefeito, a sua ida em alguma das convenções, incluindo a do PTB, que apoia Fagundes e oficializou a candidatura de seu filho a deputado federal, poderia trazer transtorno para o MDB, do qual espera o aval para poder estar no palanque do republicano.  

“Não fui em nenhuma convenção para não causar desconforto e para não tumultuar. Inclusive não fui nem da do meu filho, foi a minha esposa que o acompanhou, em respeito ao meu partido. Quero pedir a autorização ao MDB, para não ficar igual um tatu. Quero que institucionalmente eu seja autorizado a promover aquilo que já foi acordado lá atrás”, explicou durante entrevista a imprensa.

“Eu esperei passar a convenção, porque quantas vezes já não vimos partidos mudarem de rumo em cima da hora. Então eu precisava esperar esta definição. Agora eu já posso pedir autorização e tenho certeza, o Bezerra é um homem democrático, tem a maior biografia política de Mato Grosso. Da mesma forma que autorizaram a deputada Janaina Riva, não tem por que não autorizar o prefeito de Cuiabá”, declarou.

O MDB, estava junto com Wellington Fagundes desde o princípio de seu projeto de se candidatar ao Governo do Estado, porém acabou migrando para o grupo que lançou Mauro Mendes na disputa do Palácio Paiaguas.

O prefeito, mesmo fazendo declarações públicas de apoio à candidatura de Jayme Campos (DEM) para o Senado, tem explicado que não abre mão de apoiar Fagundes por estar mantendo a coerência com o que foi acordado lá atrás.

Além do apoio à Fagundes, o chefe do executivo pretende estar colaborando com a candidatura de seu filho, Emanuelzinho Pinheiro à deputado federal, no grupo do republicano.

No início desta semana, a deputada estadual Janaina Riva (MDB), que também apóia Wellington Fagundes, conseguiu com seu partido a autorização para estar no palanque do candidato ao Governo.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • César
    09 Ago 2018 às 17:59

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Arrepnedido de Votar em Emamuel PALITÓ
    09 Ago 2018 às 17:29

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Chacal
    09 Ago 2018 às 15:41

    Parabéns Emanuel, no segundo turno só vai dar WF.

Sitevip Internet