Olhar Direto

Segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Notícias / Esportes

Em noite de apagão na Arena Pantanal, Cuiabá vê Operário-PR levar título da série C

Da Redação - Lucas Bólico

22 Set 2018 - 17:00

Foto: Cuiabá Esporte Clube

Em noite de apagão na Arena Pantanal, Cuiabá vê Operário-PR levar título da série C
Com a Arena Panatanal lotada, o Cuiabá Esporte Clube viu o time o Operário-PR levar o inédito título da série C do Campeonato Brasileiro. Com placar de 1 a 0, o time visitante levantou o caneco após resisitir a uma série fulminante de ataques do Cuiabá nos acrescimos da partida. 

Leia também:
Em jogo de seis gols, Cuiabá busca empate contra Operário e aguarda decisão na Arena Pantanal
 
Grande parte dos méritos do time visitante ficam nas mãos do goleiro Simão, que fez uma sequência espetacular de defesas no final da partida.

A torcida do Cuiabá fez a sua parte. Encheu as arquibancadas, resistiu a quase uma hora e meia de interrupção de jogo logo no início da partida e empurrou o time até o término dos acrescimos do segundo tempo.
 
Com o título, o Operário alcança a marca histórica de vencer a série D e C na sequência. O Cuiabá, apesar da derrota, alcançou o objetivo da temporada e subiu para a série B do Campeonato Brasileiro.

O jogo teve público recorde na Arena Pantanal. Os mais de 41 mil ingressos à disposição se esgotaram com três dias de antecedencia.
 
Primeira partida
 
No jogo de ida, o Cuiabá levou um gol logo no primeiro minuto de partida. Tentou empatar, mas viu o mandante ampliar, ainda no primeiro tempo, o placar para 2 a 0.
 
Com pressa para mexer no placar, o Cuiabá conseguiu marcar seu primeiro gol da partida lodo aos 3 minutos. O empate veio aos 18 e virou logo na sequência, mas viu o adversário empatar novamente aos 45 minutos, instantes antes do encerramento da partida.

Apagão

O relógio da partida entre Cuiabá e Operário-PR marcava pouco mais de 3 minutos de jogo quando um apagão em parte da Arena Pantanal obrigou a final da série C a ser interrompida. A partir daí, foi necessário cerca de 1h30 de correria nos bastidores para resolver o problema.

No intervalo entre a paralisação e a retomada do jogo, o locutor da Arena Pantanal se esforçou ao máximo para manter animada a torcida. Os auto-falantes da arena tocaram música sertaneja o tempo todo.
   
O que diz o Governo do Estado
 
O Governo do Estado informou que uma instabilidade no sistema elétrico da Arena Pantanal provocou a queda de energia em uma parte dos refletores do estádio.  Engenheiros da Arena Pantanal identificaram o problema e tiveram que religar o sistema de forma manual para que os refletores voltassem a funcionar. 
 
A causa da instabilidade no sistema elétrico será averiguada pela administração da Arena Pantanal. A Secretaria de Estado de Segurança Pública, por meio da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), também acompanha o caso.
 
Última atualização às 21h25.

Veja abaixo como foi o jogo:


 

17 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • NASCIMENTO
    24 Set 2018 às 08:03

    O Cuiabá está de parabéns, acredito que a queda de energia foi um acidente, mas isto mexeu um pouco com a concentração dos jogadores das duas equipes. Bola fora fica por conta do sistema de som, além de exageradamente ALTO, totalmente desconfigurado e em nenhum momento foi usado para informar o público sobre o que havia ocorrido e quais as providencias tomadas e alguma expectativa de prazo. Havia muitas crianças e idosos na arena.

  • Adenir
    24 Set 2018 às 07:43

    Natalice, faz favor pros cuiabanos. Não apoie o uso do rasqueado para legitimar esse clube de empresário paranaense. Jà basta o absurdo de Pescuma (com o ingênuo apoio de Henrique e Claudinho, sempre meras sombras desse caipira esperto) usarem o rasqueado para fazer o hino deste clube empresa.

  • cuiabano
    23 Set 2018 às 20:56

    Parabens ao Cuiabá...quanto aos incendiarios que adoram criticar em.site pergunto onde estão quando a casa dos horrores praticam suas atrocidades..sabem quantas seções estao tendo por semana ?

  • Flamenguista
    23 Set 2018 às 20:14

    Dane-se esse Cuiabá, quero é saber do meu Mengão

  • Urubu
    23 Set 2018 às 15:19

    O desgoverno de Pedro Taques mais uma vez aprontou. Faltar luz num evento desse é no mínimo um absurdo indesculpável. Parabéns ao Operário pela série B!

  • Urubu
    23 Set 2018 às 15:19

    O desgoverno de Pedro Taques mais uma vez aprontou. Faltar luz num evento desse é no mínimo um absurdo indesculpável. Parabéns ao Operário pela série B!

  • josé
    23 Set 2018 às 13:55

    Parabéns ao Cuiabá que jogou como time grande

  • Cidadão Atento
    23 Set 2018 às 13:10

    O Cuiabá jogou muito. Esbarrou num time muito bem armado e com um contra-ataque efetivo. Mas, o que fez mesmo a diferença foram os "milagres" do goleiro adversário. Parabéns ao Cuiabá. Foi valente e jogou demais. Infelizmente, não era o seu dia.

  • Natalice da Silva moreira
    23 Set 2018 às 08:58

    Amo ir na arena é assisti meu Cuiabá jogar Mas com o valor que estava ontem .A organização deixar falta água para vender foi terrível passamos muita sede .mesmo é o.locultor devia tocar tbem nossas músicas raízes. .Cuiabá cidade verde que é praticamente um hino da nossa cuiabania não tocou ..vamos orgulhar é representar melhor.

  • Lapada
    23 Set 2018 às 08:57

    Infelizmente CEC não se sagrou campeão, teve no mínimo 5 chances claras de gol, mas o goleiro adversário operou milagres na partida. Com muito volume de jogo, o Cuiabá encontrou uma equipe bem postada e era previsível o desfecho que aconteceu. De outro lado, a equipe do Fantasma vem de dois acessos, inclusive se sagrando Campeão em ambos (Série D Brasileiro 2017/ Série B Paranaense 2018) tendo todos os méritos pra ser o Campeão Brasileiro da Série C 2018. Logo, B.G.F.C "o galo da serra" continua sendo o único time Matogrossense a conseguir o acesso da Série C pra B mediante conquista de uma competição nacional (1993).

Sitevip Internet