Olhar Direto

Quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Notícias / Ciência & Saúde

Unimed Cuiabá e Multiação levam serviços à população carente

Da Redação - Thaís Fávaro

10 Out 2018 - 11:29

Foto: Assessoria

Unimed Cuiabá e Multiação levam serviços à população carente
Pela primeira vez no bairro São João Del Rei, o Projeto Multiação prestou 6.562 atendimentos em diversas áreas, sendo a saúde um dos serviços mais disputados. No sábado (6), foram realizados 86 atendimentos de clínica médica, 45 na pediatria e 19 em nutrição. Além disso, 106 pré-consultas foram realizadas pela equipe de enfermagem a pacientes com a verificação da pressão arterial, frequência cardíaca, temperatura, peso, teste de glicemia, além de identificarem as principais queixas.

Leia mais
Unimed promove oficina sobre partos naturais a médicos e enfermeiros

Pela primeira vez no bairro São João Del Rei, o Multiação prestou 6.562 atendimentos em diversa áreas, sendo a saúde um dos serviços mais disputados. O presidente da Cooperativa, Dr. Rubens Carlos de Oliveira Junior, destaca a importância de participação em eventos que promovam a saúde e o bem-estar.

"Para a Unimed Cuiabá, o Multiação é uma atividade de extensão com objetivo de melhorar a qualidade de vida da população carente. Presenciamos neste projeto muita coisa que demonstra como o trabalho que fazemos é relevante", pontuou.
 
Nesta edição, por ser o mês comemorativo ao Dia da Criança, foram realizados exames especiais de oftalmologia. Além disso, em apoio à campanha Outubro Rosa, essa 8ª etapa do projeto contou com agendamento de mamografias.
 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Elza
    10 Out 2018 às 12:41

    Depois vão agredir médico na UPA.

Sitevip Internet