Olhar Direto

Quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Notícias / Cidades

Na quarta prisão por abuso sexual, homem mostra genitália para funcionária em Delegacia

Da Redação - Fabiana Mendes

11 Out 2018 - 15:15

Foto: Reprodução

Na quarta prisão por abuso sexual, homem mostra genitália para funcionária em Delegacia
Carlos Eduardo Fontes da Silva, 50 anos, preso na manhã da última segunda-feira (10), após esfregar o pênis em uma criança de três meses e passar a mão nas nádegas de uma idosa, de 60 anos, em um ônibus do transporte coletivo, em Várzea Grande, já foi preso ao menos outras três vezes pelo crime de estupro. Além disso,  após ser levado à Delegacia do município, ele mostrou a genitália para uma funcionária da limpeza.

Leia mais: 
Homem é preso após esfregar genitália em bebê de três meses e passar a mão em nádegas de idosa em ônibus

Em consulta no Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), consta uma requisição para exame de insanidade mental. O pedido do exame ocorreu em 2016, depois que ele tentou estuprar três mulheres. Uma das vítimas tinha 21 anos, que perambulava pela região central da cidade. Ele tentou agarrar a jovem, mas ela conseguiu pedir ajuda. Na ocasião, ele foi autuado por tentativa de estupro e ato libidinoso.
 
Meses depois, ele foi acusado de abusar de uma jovem de 25 anos que dormia no corredor do Pronto Socorro Municipal (PSM).  Carlos beijou, introduzindo a língua, na boca da jovem que acompanhava o marido, internado no corredor. A mulher acordou e denunciou o suspeito, detido por seguranças. O PSM explicou que ele não era paciente do local e teria se aproveitado da entrada de pacientes para invadir a unidade.  
 
Em 2016, Carlos foi preso novamente depois de tentar violentar uma mulher que residia sozinha, no bairro Jardim Petrópolis, na Capital. Ele invadiu a casa de uma mulher de 45 anos. Ela gritou e conseguiu ajuda dos vizinhos. A vítima relatou ser a segunda vez que Carlos tentava lhe estuprar.

Na prisão da segunda-feira, a mãe de uma das vítimas contou que Carlos teria esfregado o pênis em sua filha de apenas três meses. Outra vítima, uma idosa de 60 anos, afirmou que o homem teria apertado suas nádegas quando ela passava pela catraca do veículo. 
 
Diante da situação, ele foi encaminhado à Central de Flagrantes para confecção da ocorrência. Na Delegacia, Carlos havia pedido um copo de água para uma funcionária da limpeza. Ela seguiu até o bebedouro e ao retornar observou que o homem havia abaixado o short, exposto seu órgão genital e começado a se masturbar.
 
A funcionária acionou os policiais do local e registrou um boletim de ocorrência.
 
A polícia deverá apurar os fatos.
 

12 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Dr. Pelúdio - meu voto é nulo pra Presidente
    12 Out 2018 às 14:39

    Parte 2/3: Os juízes, desembargadores, membros do Ministério Público e os ocupantes de cargos dos órgãos superiores, mesmo que roubem não podem perder o cargo (vitaliciedade constitucional), o pior que pode lhes acontecer é ser obrigado a se aposentarem com uma gorda remuneração. O Ministro do STF é o maior salário da administração pública, eles tem o a competência de aumentar os próprios salários, e quando aumentam os outros poderes também tem a mesma prerrogativa e via de regra sempre aumentam, ou seja, aumenta o salário dos 513 Deputados Federais, 81 Senadores, um monte de Deputado Estados, Vereadores, Desembargadores dos Estados, Juízes de Direito, enfim, ocorre um efeito cascata e uma imensa despesa pra todos nós pagarmos. Outro privilégio são as pensões vitalícias das filhas solteiras dos membros das forças armadas, eu tenho duas amigas, uma de 60 anos, servidora pública federal que recebe 8 mil de salário e mais 6 mil de pensão por ser filha de um membro da forças armadas, e outra de 79 anos que até hoje recebe a pensão,

  • Dr. Pelúdio - meu voto é nulo pra Presidente
    12 Out 2018 às 14:39

    Parte 3/3: Esses privilégios pra mim teriam que acabar, pois a pessoa via de regra não precisa, além do mais há fortes de perspectiva de fazerem a reforma da previdência, como podem querer acabar os benefícios previdência de quem ganha salário mínimo e manter esses privilégios? Na minha humilde visão o povo deveria ir pra rua pra cobrar o corte de metade das vagas nos parlamentos (federal, estadual e municipal), acabar com a vitaliciedade dos magistrados, das pensões vergonhosas vitalícias de membros das forças armadas, mas como eu não há nenhuma proposta dos candidatos neste sentido, não tem como nenhum deles merecerem o meu voto, pois eu acredito que só haverá melhoria o dia que o povo cobrar essas mudanças, os dois serão iguais e continuará as escolhas políticas e o privilégios de aumentarem o próprio salário, tão danoso quanto a corrupção.

  • Dr. Pelúdio - meu voto é nulo pra Presidente
    12 Out 2018 às 13:02

    Parte 1/3: Pois bem Francisco M. da Silva, você se refere aos três mecanismo a disposição do Presidente da República, que são: a intervenção nos estados, estado de defesa e estado de sítio, todos são excepcionalidades não se aplicam a um caso em específico como este, mas na minha humilde visão é necessário que tenhamos leis mais fortes, e até a prisão perpétua (proibida pela constituição), mas eu vejo que a Constituição foi o maior golpe aplicado no povo, pois seria necessário acabar com os privilégios dos três poderes (judiciário, executivo e legislativo), pois os políticos escolhem quem irá autorizar inquéritos, investigações e julgá-los, pois a constituição preconiza que as escolhas políticas dos órgãos superiores da justiça, como o Supremo Tribunal Federal (STF), STJ, TSE, STM, TST, além do Tribunal de Contas da União e dos Estados, hoje em Mato Grosso nós temos 5 conselheiros do TCE afastados por suposta compra de vagas.

  • francisco m da silva
    12 Out 2018 às 09:59

    e seu peludo o vc falou tem sentido nesse tal de democracia que nao serve pra nada a nao ser apoiar o que nao presta. mais um presidente do bem ele tenta pelas leis se nao resolver ele pode e deve dar ordens ao exercito brasileiro para cumprir o que ele bem entender principalmente tomando conta do pais com forças militar e acabar com essas leis fajutas que so beneficia vcs adevogados.

  • Jaqueline
    12 Out 2018 às 06:23

    Agora me diz se faz algum sentido esse homem ser solto tantas vezes assim

  • Pelúdio - Mestre em Direito Constitucional
    11 Out 2018 às 21:25

    Em tempo: o link está ai para quem quiser conferir o que eu afirmei, ditames constitucionais: LINK 1: NÃO CABE LEI DELEGADA EM DIREITO PENAL: http://meusitejuridico.com.br/2018/03/13/e-possivel-que-lei-delegada-verse-sobre-direito-penal-incriminador/ LINK 2: NÃO CABE MEDIDA PROVISÓRIA EM DIREITO PENAL: https://kassioaires108.jusbrasil.com.br/artigos/339746680/medidas-provisorias-podem-versar-sobre-o-direito-penal

  • Dr. Pelúdio - Mestre em Direito Penal
    11 Out 2018 às 21:20

    Vanderlei presta atenção, o Presidente só pode legislar atipicamente por dois instrumentos: a) Medida Provisória e b) Lei Delegada, entretanto no que concerne a legislar sobre direito penal não cabe nenhum dos institutos, ou seja, não cabe Medida Provisória nem o Congresso pode delegar ao Presidente da República, ao presidente só compete sancionar ou vetar parcial ou total, ainda assim a palavra final é dos congressistas, ou seja podem derrubar o veto do Presidente, então Bolsonaro mente para pessoas como o Senhor que não detém conhecimento e como mente o Bolsonaro, discurso inflamado, então o povo deverá cobrar os Deputados Federais e Senadores tais mudanças nos quais eu concordo, leis mais severas. .

  • Martins Liberato
    11 Out 2018 às 17:59

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Vanderlei
    11 Out 2018 às 17:40

    Por isso que eu voto Bolsonaro...linha dura contra os bandidos. O cara já foi preso várias vezes pelo mesmo crime e continuava solto. As penas são muito brandas e ele não tem medo de ser preso porque sabe que logo logo tá solto de novo. O candidato do PT quer desencarcerar os bandidos o meu candidato quer prisão pesada para os bandidos...

  • Pedrão
    11 Out 2018 às 16:36

    Sei não, Luís Lima. A julgar pela racionalidade, não é petista não.