Olhar Direto

Quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Notícias / Cidades

Após morte de casal, governo decide implantar redutores de velocidade e estuda semáforos na 'Estrada de Chapada'

Da Redação - Wesley Santiago

11 Out 2018 - 11:27

Foto: Rodolfo Perdigão-Gcom/MT

Após morte de casal, governo decide implantar redutores de velocidade e estuda semáforos na 'Estrada de Chapada'
O Governo do Estado informou que irá implantar redutores de velocidade nos pontos que requerem mais atenção no perímetro urbano da Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), para evitar acidentes. Além disto, também está sendo estudada a possibilidade de que semáforos sejam instalados. Vale lembrar que, na noite do último sábado (06), um casal morreu atropelado no trecho.

Leia mais:
Vídeo flagra momento em que casal morre atropelado por saveiro na 'Estrada de Chapada'; imagens fortes

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) vai finalizar, em 60 dias, a instalação completa de postes com luminárias em LED. O primeiro dos 3,6 quilômetros já recebeu a iluminação especial.  A empresa responsável pelo serviço já fez o cabeamento subterrâneo e agora está na fase final de implantação dos postes de energia elétrica.

A melhoria será executada pela secretaria que também está fazendo estudos preliminares para instalar semáforos com acionamento por botoeiras, para pedestres. A obra de duplicação da rodovia está 99% pronta. Toda a sinalização transversal e vertical já foi concluída ao longo das três faixas de rolamento. A ampla ciclovia no canteiro central da duplicação já foi entregue à população.

“Essa é a primeira rodovia estadual com altíssimo padrão técnico de engenharia rodoviária em Mato Grosso. Para dar mais segurança, vamos reforçar meios para redução de velocidade dos motoristas, para evitar futuros acidente”, frisou o secretário da Sinfra, Marcelo Duarte.

Apesar da reivindicação da população por uma faixa de pedestre elevada, o engenheiro fiscal da obra e membro do Conselho Estadual de Trânsito (Cetran-MT), Zenildo Pinto de Castro Filho, alega que o Código Brasileiro de Trânsito (CTB) não permite a implantação desse recurso em rodovia com mais de duas vias. “Implantaremos a solução adequada dentro do que é previsto na norma de trânsito”.

A duplicação da rodovia é uma das obras mais esperadas e reivindicadas por moradores e motoristas que trafegam pela região. Além de fazer a ligação da capital ao município turístico de Chapada, a rodovia conta ao longo de seu trecho urbano, com escolas, condomínios, estabelecimentos comerciais e vários bairros populosos além de ser porta de entrada para Cuiabá das pessoas que vem da região Sul de Mato Grosso.

Morte no trecho

O atropelamento ocorreu em frente ao Mercado Paulista, que fica às margens da rodovia. O condutor do veículo disse que não viu o casal, pois a rodovia estava escura. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local, mas apenas constatou o óbito do casal.
 
O motorista não fugiu do local do acidente. No entanto, testemunhas ainda tentaram linchá-lo e ainda xingavam os policiais que encaminharam o homem à Central de Flagrantes. Eles também gritavam por justiça no local do acidente.


 
Um vídeo gravado por uma câmera de segurança mostra o exato momento em que o casal, identificado como José de Jesus e Rosângela Almeida, foram atropelados e mortos por uma picape (Saveiro), na Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), ainda no perímetro urbano de Cuiabá.

9 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Honesto
    11 Out 2018 às 22:30

    Semáforo, TARTARUGAS A CADA 300 MTS..E MUITA MULTA NOS BANDIDOS DO TRÂNSITO

  • Tiago
    11 Out 2018 às 18:02

    Faixa elevada... 100% de resolução de problemas

  • llluis
    11 Out 2018 às 15:07

    Concordo plenamente com vc fernando. Zero de competência para os responsáveis pelas obras. Uma medida simples que reduziria demais o movimento em dias de semana no trecho próximo ao supermercado seria fazer uma rotatória para o pessoal que mora no Parque das nações. Somente nos fins de semana é que o movimento aumenta demais ali por conta do pessoal que vai pra Chapada. Fica a dica.

  • RENATA SOARES
    11 Out 2018 às 14:45

    E TÃO SIMPLES RESOLVER ESSE PROBLEMA. FAZ AQUELE REDUTOR ALTO COM SINALIZAÇAO DE PASSAGEM DE PEDESTRE. SEMÁFORO SÓ VAI AUMENTAR INSEGURANÇA E CAOS. MESMO POR QUE É UMA RODOVIA. NÃO É LEGAL MESMO EM ÁREA URBANA.

  • Chico Bento
    11 Out 2018 às 14:16

    Semáforo em rodovia? É legal? Até onde conheço a lei do trânsito nunca nem ouvi falar isso!

  • KENISMAR
    11 Out 2018 às 14:03

    povo quer que o culpado preste socorro mas quer mata-lo? quem que presta socorro nesses termos?

  • LUCAS
    11 Out 2018 às 13:56

    PASSARELAAAA!!! Semáforo no meio da rodovia NAO EXISTE

  • fernando
    11 Out 2018 às 13:38

    ESTÃO DE BRINCADEIRA...QUEREM IMPLANTAR O CAOS. AO INVÉS DESSAS PARAFERNÁLIAS, PORQUE NÃO INSTALAR PASSARELAS EM LUGARES ESTRATÉGICOS. LUGARES COM MAIOR INCIDÊNCIA DE PESSOAS QUE ATRAVESSAM A RODOVIA. DAQUI A POUCO IRÃO ENCHER A RODOVIA DE SEMAFAROS ATÉ CHEGAR NA CHAPADA...QUEREM APOSTAR? PORQUE AQUI, SECRETÁRIOS TEM CURSO DE PANIFICAÇÃO NO SENAC. NÃO ENTENDEM NADA DE TRÂNSITO. SERÁ QUE NÃO CONHECEM UM GRANDE CENTRO?

  • CUIABANO
    11 Out 2018 às 12:40

    SEMPRE ASSIM, ELES ESPERAM ALGUÉM FALECER PARA PODER TOMAR ALGUMA PROVIDÊNCIA.