Olhar Direto

Terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Notícias / Cidades

Produtor cultural registra BO após extorsão de R$ 20 mil para que vídeo íntimo não seja divulgado

Da Redação - Fabiana Mendes

11 Out 2018 - 11:40

Foto: Olhar Conceito

Produtor cultural registra BO após extorsão de R$ 20 mil para que vídeo íntimo não seja divulgado
O produtor cultural Raul Lázaro dos Santos Junior, conhecido como ‘Mano Raul’, de 35 anos, morador de Cuiabá, registrou nesta quinta-feira (11), um boletim de ocorrência para denunciar a tentativa de extorsão de R$ 20 mil, para que um vídeo íntimo dele não seja divulgado.

Leia mais: 
Jovem de 23 anos é presa por suspeita de matar e jogar corpo do marido em rio
 
À polícia, Raul relatou que recebeu o convite em sua rede social de uma mulher identificada como ‘Bangaly Diane’. A mulher teria ligado para o produtor através de uma chamada de vídeo, onde tirava a roupa e mostrava os seios.
 
A mulher também pedia para que o produtor tirasse suas roupas em mostrasse suas genitálias. O jovem teria se “empolgado” e “deixou que a conversa rolasse por alguns minutos”, conforme trecho do boletim de ocorrência.
 
Depois disso, ele começou a receber mensagens da mulher exigindo a quantia de R$ 20 mil para que o vídeo não fosse divulgado nas redes sociais. Ele respondeu à mulher, que não teria condições e a suspeita pediu a quantia de R$ 1,5 mil para que as imagens não fossem divulgadas.
 
Ainda conforme a denúncia, a mulher teria compartilhado o vídeo em um comentário de sua publicação nas redes sociais, dizendo que Raul seria pedófilo e que o mesmo tinha gravado o vídeo na frente de uma criança de 11 anos. Na ocasião, a suspeita também expôs o número de telefone do produtor.
 
O homem afirmou temer por sua liberdade, já que é uma pessoa pública. Ele também pretende acionar os meios legais para identificar a autora dos fatos.
 
A Polícia Civil deverá apurar o caso. Ele também gravou um vídeo explicado o ocorrido.

 

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Oto
    12 Out 2018 às 09:05

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Zeca
    11 Out 2018 às 14:14

    Dois desocupados inventando modas, agora quem paga é o erário público! BO, policia, investigações, etc., todos têm trabalhos enquanto podiam estar investigando crime s de grande monta.

Sitevip Internet