Olhar Direto

Domingo, 18 de novembro de 2018

Notícias / Política MT

Agente penitenciário eleito não crê em união de novatos e votará em quem garantir luta por servidores

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

05 Nov 2018 - 14:18

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Agente penitenciário eleito não crê em união de novatos e votará em quem garantir luta por servidores
Eleito deputado estadual com mais de onze mil votos, o agente penitenciário João Batista (Pros) acredita que será difícil conseguir uma Mesa Diretora apenas com parlamentares novatos como ele, apesar de ser este o seu desejo. Para o servidor, nem todos os novos eleitos na Assembleia Legislativa terão independência para poder votar sem seguir orientação partidária.

Leia também
Novatos descartam composição com reeleitos e lançam delegado para presidente da AL


“Seria ótimo se a Mesa Diretora fosse composta apenas com os novatos para termos uma nova mentalidade para a Assembleia. Só que eu percebi que tem alguns novatos que não são tão novatos e podem já entrar comprometidos com seus partidos e com orientações para dizer para onde eles vão”, disse o deputado eleito em entrevista ao Olhar Direto.

O servidor já se reuniu com o advogado Ulysses Moraes (DC) e com o delegado Claudinei Lopes (PSL), ambos deputados de primeira viajem, e discutiram iniciar um projeto para disputar a Mesa.

A proposta no entanto pode não dar certo, segundo o agente penitenciário, pela falta de apoio dos outros novatos. “Infelizmente não dá para agregar os 14. Acredito que os independentes são: eu, o Ulysses, o delegado Claudinei e o Elizeu Nascimento. No mais, vejo que alguns dos demais, cada um terá o seu objetivo e sua região para atender”, analisou.

O servidor também revelou que já teve conversas com deputados reeleitos que pretendem disputar a presidência da Assembleia Legislativa como o atual presidente Eduardo Botelho (DEM), Guilherme Maluf (PSDB) e Janaína Riva (MDB). Todavia, deixou claro que seu voto irá para quem se comprometer dar melhores condições de trabalho aos servidores e melhorias à população mato-grossense.

“Recebi o convite destes deputados que pretendem concorrer a presidência. Conversei com eles, mas não tenho nada definido. Eu particularmente coloco como elo de troca para o meu voto para aquele que nos oferecer a melhor condições de trabalho e melhorias para a população”, garantiu.

Além de Batista, outros 13 novos candidatos a deputados estaduais se elegeram no último dia 7 de outubro. Dos 14 novatos, quatro conseguiram êxito disputando a primeira eleição.

7 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Graci Ourives de MIranda
    06 Nov 2018 às 00:24

    Chega de "coronelismo"os competentes que passaram por concurso merecem ser empossados. Vivemos DEMOCRACIA. Graci

  • Índio Véio
    05 Nov 2018 às 20:07

    Pois é, por isso que essa bosta não vai pra frente, todos que são eleitos só querem resolver seus problemas...São 100mil servidores, num universo de mais de 3 milhões de habitantes ...a maioria da população não merece atenção?

  • Professor
    05 Nov 2018 às 19:56

    Decepcionado.... Vejo que em seus discurso vc ja se entregou a velha elite política....

  • pedro mota
    05 Nov 2018 às 16:40

    Você deve pensar na maioria da população deixando de lado o corporativismo. A tanta gente, se quer tem trabalho. Pensa um pouquinho mais longe no tempo. Espero que quatro anos pra você no legislativo já é muito tempo. O povo está esperando pessoas com outra mentalidade. O Brasil é o único do mundo que tem tudo para que sua população possa viver bem, mas o nosso problema são os políticos medíocres.

  • Justo
    05 Nov 2018 às 16:27

    ESSE JÁ ESTÁ NO BOLSO DO PALETÓ.

  • Sergio
    05 Nov 2018 às 15:21

    Na verdade vota em quem paga mais Quem vai passar por cima de milhões

  • jose
    05 Nov 2018 às 14:29

    Já começou Maria, vai com quem vai pagar as contas da campanha vota nesses que usa de defensor dos policiais civis toma ai agora VAI VENDER O VOTO COM CERTEZA.