Olhar Direto

Domingo, 18 de novembro de 2018

Notícias / Política MT

Pivetta e prefeito de Lucas do Rio Verde "batem boca" em rede social após acusação de superfaturamento

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

02 Nov 2018 - 12:28

Foto: Kimberly Schafer/ExpressoMT

Pivetta e prefeito de Lucas do Rio Verde
O vice-governador eleito Otaviano Pivetta (PDT) e o prefeito de Lucas do Rio Verde, Luiz Binotti (PSD) trocaram farpas por meio de redes sociais por conta da construção de uma escola estadual com 16 salas, orçada em mais de R$ 7 milhões e que está  com a obra paralisada por mais de um ano, mesmo com a previsão de entrega de 300 dias. Para Pivetta, existe indícios de corrupção no caso.

Leia também
Pivetta aposta em boa relação institucional com Bolsonaro para livrar MT de ‘isolamento’


Em sua página no Facebook, Pivetta publicou uma foto do atual prefeito ao lado do governador Pedro Taques (PSDB), garantindo que com 50% dos R$ 7.111.877,91 seria possível executar a construção da escola, alegando que existe superfaturamento na obra.

“Meus amigos não iria me pronunciar aqui sem profundo conhecimento do assunto. Conheço inclusive o projeto da obra, e não precisa mais que 50% desse valor para executar. Todas as escolas do estado durante os mandatos que tive, foram feitas pelo município a valores justos. Precisamos fazer uso inteligente dos recursos que temos. Se Lucas é melhor do que a média dos municípios é porque foi gerido com zelo e competência, não porque tem mais dinheiro. Os fatos mostram que não é mais assim. Isso aí é um atentado as nossas crianças e jovens de MT, 7,1 Milhões em 16 salas. Alguém precisa fazer alguma coisa, cadê os fiscais? Se onde se enxerga está assim, imaginem onde não se vê”, publicou o vice-governador eleito.

Em resposta, o prefeito Luiz Binotti lamentou a acusação de Pivetta e disse que prefere acreditar que a publicação não foi direcionada a ele, explicando que a obra é um convênio do Governo do Estado e que está paralisada por falta de pagamento. O gestor também afirma que aguarda a chegada deste recurso a Lucas durante a gestão Mauro Mendes (DEM) e de Pivetta.

“Lamento ver esse tipo de publicação feita justamente por uma pessoa que está prestes a assumir um cargo tão importante para o Estado. Quero crer que esta publicação não tenha sido direcionada exclusivamente a mim, até porque a obra é convênio do Governo do Estado, que inclusive não fez pagamentos conforme cronograma até agora. A obra está parada por falta destes recursos que deveriam vir da gestão estadual. Mas tenho esperança e sou otimista em acreditar que a nova gestão estadual dará continuidade a este projeto que é tão importante e necessário para a população luverdense”, rebateu.

Em sua tréplica, Pivetta garantiu que na próxima gestão o recurso irá chegar em Lucas, porém alfinetou novamente o prefeito dizendo que não haverá sobre-preço, afirmando que no Governo Mauro Mendes não irá acontecer corrupção. Ele também pediu para que o gestor explique a população como consegue ser bem sucedido na vida privada e tão incompetente na vida pública.

“É claro que será dado continuidade, mas sem sobre preço, o gestor terá que comprovar competência para fazer as obras pelo valor justo. Procure saber os valores que gastamos na construção das escolas que fizemos em 2015 e 2016, os preços de material e mão de obra são os mesmos hoje... Aconselho que se estiver bem intencionado procure se informar, se a intenção não for boa, terás problemas e não comigo. O Governo do Mauro q eu terei participação não vai permitir corrupção”, finalizou.

Pivetta e Binotti são adversários políticos desde as eleições de 2016, quando o pedetista tentando a reeleição foi derrotado social-democrata, que disputava sua primeira disputa eleitoral.

 





6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • observador social
    02 Nov 2018 às 21:48

    hum, será mesmo que não haverá corrupção no próximo governo? pelo que vi na equipe de transição, com personagens famosos, que inclusive participou por anos no atual governo. então, para esse ´pivette essas pessoas se tornaram anjinhas de uma hora para outra?

  • RAFAEL
    02 Nov 2018 às 19:35

    Bom, se é 7 milhões com certeza tem que verificar o que será feito nessa escola, o valor é super alto. Porém o pior dos piores é ver esses figurões da política se alfinetarem em rede social, ta parecendo o tal do Silvio que quando ganhou a eleição em Lucas saiu metendo "pau" em tudo, e olha o q virou, expulso da prefeitura. Será isso q pivete quer? hoje passou vergonha em uma resposta da filha do prefeito de Lucas... que coisa heeimmm..

  • Omar Telles
    02 Nov 2018 às 19:00

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Infantilidade
    02 Nov 2018 às 18:04

    Quem perde sao os luverdenses com essas baixarias e dor de cotovelos! Chega dessas velharias na politica

  • mauro
    02 Nov 2018 às 14:16

    Mais de 7 milhoes pra construir 16 salas, nao precisa nem ser um expert pra saber que e um exagero esses valores. E uma dessas afirmaçao vindo do Pivetta, nao precisa nem discutir, as melhores escolas foram construidas na gestao do mesmo, tem conhecimento de causa o suficiente.

  • Paulo preto
    02 Nov 2018 às 14:00

    Pivetta você constrói escolas que são verdadeiros barracões:quentes e sem acústicas ! E ainda usa mão de obra de preso. Por isso que sai barato esses galpões/ escolas

Sitevip Internet