Olhar Direto

Domingo, 18 de novembro de 2018

Notícias / Política MT

Mendes critica "inconstância" de Bolsonaro e diz que irá anunciar cortes somente após muito estudo

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo / Da Reportagem Local - Érika Oliveira

07 Nov 2018 - 14:34

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Mendes critica
O governador eleito Mauro Mendes (DEM) classificou as decisões do presidente também eleito, Jair Bolsonaro (PSL), como precipitadas e aproveitou para declarar que só irá anunciar o primeiro escalão de seu governo no momento em que tiver a certeza de que a decisão foi pensada e é a correta.

Leia também
Fim de pensão a ex-governadores trará economia de mais de R$ 3,5 milhões a MT; veja lista e valores


A crítica ao presidente eleito se deu por conta dos últimos anúncios feitos por Bolsonaro ou por membros da equipe de transição sobre cortes e fusões de ministérios que acabaram sendo desmentidos posteriormente após ser alvo críticas de setores da sociedade.

Para Mauro Mendes, o gestor público precisa estudar bastante, se informar de como irá pegar o Governo para somente então anunciar as peças que vão formar o tabuleiro.“Acho que o Governo precisa estabilizar primeiro, por que eu já vi muitas idas e vindas. Isso não é bom para o país, não e bom para uma transição, tem que pensar muito bem nas decisões para quando tomá-las ter a certeza e poder sustentá-las. Por isso não tenho anunciado nada por enquanto”, declarou.

“Estou esperando estabilizar as conversas lá em Brasília. Acho que muitos políticos do país tinham que tomar uma postura diferente. Eu até agora não anunciei nada, estou estudando com cautela, com cuidado para quando eu anunciar e ter a segurança naquilo que falo para não ficar anunciando uma coisa hoje e amanhã mudar”, disse o governador eleito após reunião com sua equipe de transição.

Ainda conforme o democrata, até o momento todos os nomes que estão sendo ventilados na imprensa, como supostos membros de seu staff são "mentira" e o anúncio de seu secretariado só será revelado por ele e por seu vice, Otaviano Pivetta (PDT).

“Quem fala pela minha transição sou eu e meu vice, mas até agora não falamos nada. O que tem rodando por ai não saiu da minha boca. Isso é responsabilidade com o cargo que ocupa” criticou.

22 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Nelma
    08 Nov 2018 às 20:02

    Nem assumiu, já tá de conversa fiada. MM cuida do seu trabalho, faça sua parte, que é pra isso que você foi eleito.

  • Nascimento
    08 Nov 2018 às 14:14

    Vai começar a culpar o Bolsonaro que nem assumiu ainda, igual Taques culpava Silval ?

  • Bóbó chera chera
    08 Nov 2018 às 08:41

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • aluizio brasa
    08 Nov 2018 às 08:21

    O momento é de paz, todo mundo ainda está tenso por causa das últimas eleições , e destaco aqui quem assume cargos majoritários do executivo do país, uns pegam uma "bomba" na mão e outros "abacaxi" , o momento é de União e qualquer palavra mal versada" torna uma agressão , a maior distância sempre é causada por palavras ditas em momentos de humores elevados e por críticas ácidas fora do contexto.....Vamos cuidar das palavras caros "governantes" , elas cumprem seu papel sempre , ou abençoam , ou amaldiçoam.....

  • Alta Floresta
    08 Nov 2018 às 08:02

    O cara até última hora nem sabia se ia ser ou não ser candidato, dependia da mulher, dos Campos, do Bezerra, da fase da lua, da chuva....

  • CIDADÃO CUIABANO
    08 Nov 2018 às 07:46

    O BOLSONARO COMO BEM DISSE QUE NÃO IRIA FORMAR SEU GOVERNO SOZINHO IRIA ACATAR A DECISÃO DA MAIORIA E RESPEITAR A OPINIAO DA POPULAÇÃO E NÃO IMPOR GUELA ABAIXO COMO O GOVERNADOR QUER FAZER POIS ELE VEM DA INICIATIVA PRIVADA E NÃO ACEITA OPINIÕES.

  • Marcos
    08 Nov 2018 às 07:44

    Já está querendo aparecer! Votei nesse Camarada mas já estou preocupado. Está me parecendo muito arrogante.

  • Celina
    08 Nov 2018 às 06:01

    Quero ver se você vai ter coragem de promover denuncias em seu governo!

  • Eurico Cavalcante
    08 Nov 2018 às 00:56

    Mauro Mendes, se achando o cara para poder bater de frente com o presidente, como se ele tivesse moral para isso. Me digas com quem tu andas que te digo quem tu és.

  • Jorge
    07 Nov 2018 às 23:04

    PARA O MM É FACIL...O BEZERRA E O JAIME CHEGA COM A LISTA PRONTA E ELE SÓ OBEDECE

Sitevip Internet