Olhar Direto

Terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Notícias / Esportes

Após briga, organização suspende equipes do Peladão e prêmio será usado para pagar danos na Arena; vídeos

Da Redação - Wesley Santiago/Carlos Gustavo Dorilêo/Vitória Lopes

19 Nov 2018 - 15:15

Foto: Reprodução

Após briga, organização suspende equipes do Peladão e prêmio será usado para pagar danos na Arena;  vídeos
A organização do Peladão, segundo maior campeonato amador do Brasil, decidiu suspender o Unidos do Santa Amália (USA) e a Liga da Justiça por três anos do evento. As duas equipes fizeram a final do torneio e se envolveram em uma confusão generalizada após o apito final. Torcedores invadiram o gramado e começaram uma pancadaria dentro do campo. O anúncio foi feito pelo deputado estadual Wilson Santos (PSDB), que está envolvido diretamente com o Peladão. Além disto, parte do prêmio será utilizado para pagar os danos causados na Arena Pantanal.

Leia mais:
Final do Peladão acaba em briga generalizada de torcedores; veja vídeos
 
Em entrevista coletiva nesta segunda-feira (19), após analisar minuciosamente as imagens, a direção do Peladão resolveu suspender as duas equipes por três anos. Além disto, os danos causados na Arena Pantanal serão descontados do prêmio das equipes.
 
Também foi anunciado que todos os envolvidos na confusão serão julgados pelo conselho disciplinar. Sendo assim, jogadores e dirigentes também podem sofrer duras sanções para as próximas edições do Peladão. O julgamento ocorre no dia 26 de novembro.  As duas equipes terão direito a defesa.
 
“É a 11ª Edição do Peladão, isso nunca aconteceu antes. O evento foi criado para levar as famílias, dar alegria para a população. Durante o espetáculo, nada de anormal ocorreu, nenhum incidente. O problema foi depois. Na comemoração, houve provocação e depois que uma pessoa pulou, outras foram também”, explicou um dos coordenadores do campeonato, Tiego Poli.
 
Dentro de campo, a vitória foi do Unidos do Santa Amália. Depois do empate contra a Liga da Justiça no tempo normal por 1 a 1, o USA levantou o troféu mais disputado do futebol amador de Mato Grosso por ter vencido nos pênaltis por 6 a 5.
 
Jackson abriu o placar para o USA, depois de linda deixada de Geílson. Sapinho, com passe de Calado, fez o gol da Liga da Justiça. Nas penalidades todos os jogadores acertaram as suas cobranças, foram seis para cada lado, exceto Alyson da Liga da Justiça, que isolou e mandou a bola na arquibancada, decretando assim o título do Unidos do Santa Amália (o primeiro de sua história)







  

  

26 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Dudu
    20 Nov 2018 às 12:00

    Isso que dá não termos controle de natalidade!!!!!

  • Carlos Eduardo
    20 Nov 2018 às 10:44

    Futebol amador é assim total desorganização, falar o que?

  • Reginaldo
    20 Nov 2018 às 08:06

    Quer conhecer alguém?? Dê-lhe um muro baixo... Nesse caso, os marginais mostraram a sua verdadeira face.

  • Carlos
    20 Nov 2018 às 01:21

    POVO SELVAGEM...BIXO...SEM EDUCAÇÃO...CRIMINOSOS...

  • Mulher Maravilha
    19 Nov 2018 às 22:03

    Boaaa amei essa punição, tem que pagar e ser banido do Peladão, só assim aprendem quando tem que por a mão no bolso. Kkkkk Parabéns pela organização .

  • Yalarhar
    19 Nov 2018 às 20:20

    Pouca vergonha!! Estádio que já protagonizou grandes jogos da copa do mundo, e agora ser palco de selvageria de duas gangues. É por issso que o futebol mato-grossense não vai pra frente. Estamos muito longe de atingirmos a maturidade esportiva pra sermos reconhecidos no futebol. O atleta que pisasse nesse templo sagrado deveria ser digno desse feito. Onde varios atletas consagrados mundialmente pisaram.. na mina opinião é uma afronta ao esporte e ao futebol arte. Isso tudo já era uma tragédia anunciada, e só não aconteceu coisa pior por sorte. Fica a dica para os organizadores e para a confederação mato-grossense de futebol. Jogos desse nível em Estádio de copa do mundo, NUNCA MAIS, sob a pena de sermos lembrados por futuras mortes no estádio e não por termos sediados jogos de uma copa do mundo.

  • Sr. Sincero
    19 Nov 2018 às 19:52

    BRUNO, se tiver como você ligar na direção do OD e pedir pra apagar esse teu comentário idiota, seria bacana. Os times tem tanta culpa quanto os baderneiros, porque são partes interessadas, deveriam ter procurado junto a organização todos os detalhes, inclusive policiamento, expectativa de público, prevenção de incêndio e pânico... portanto, pare de falar besteira!!!

  • Lisa
    19 Nov 2018 às 19:35

    Uma palhaçada essa punição... Tem que punir o "atleta" de quinta categoria que mostrou a bunda pra torcida adversária... o que adianta punir a equipe ? Ano que vem o jogadorsinho que causou tudo isso vai estar em outra equipe, assim como estava ano passado.

  • Edvaldo Augusto
    19 Nov 2018 às 19:20

    Bom essa suspensão e inválida sendo que as agremiações vão se escrever com outros nomes . A punição seria acionar os diretores das duas agremiações na polícia , e com isso suspender todos os atletas por que só assim todos verão que a organização não está de brincadeira.

  • Adriana
    19 Nov 2018 às 19:14

    Quanta babaquice e irresponsabilidade com p dinheiro e patrimônio público espero sinceramente que os órgão competentes proíbam este tipo de "classico" peladao e do bairro não pra arena pantanal e uma vergonha o que fazem com nosso dinheiro neste estado aff

Sitevip Internet