Olhar Direto

Quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Notícias / Picante

Igual no RJ

Conselheiro é vaiado após sugerir que servidores continuem trabalhando, mesmo sem pagamento de RGA

Da Redação

27 Nov 2018 - 14:25

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Igual no RJ
O conselheiro interino Moisés Maciel foi vaiado e muito criticado pelos servidores públicos do Poder Executivo durante sessão que julgou o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA). O descontentamento com o membro da corte aconteceu por ele indiretamente sugerir que os funcionários públicos do Estado sigam o exemplo dos servidores do Rio de Janeiro, que ficaram mais de três meses sem receber e ainda continuaram trabalhando, segundo ele por causa da dignidade. “A minha irmã é servidora pública federal no Rio de Janeiro e no auge da crise, quando os servidores públicos estaduais estavam sem salários, eles ficaram sem salários, sem dignidade no final do ano, dependendo de cesta básica dos colegas. Mas ninguém parou de trabalhar. Ela perguntou a eles por que não pararam de trabalhar, apesar de não estarem recebendo e eles disseram que era por causa da dignidade, que tinham que trabalhar”, disse Maciel, antes de ser vaiado.

Mais Picantes

Sitevip Internet