Olhar Direto

Terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Notícias / Cidades

Curso de tiro em Cuiabá recebe mais de 40 ligações por dia após decreto de Bolsonaro facilitar posse; fotos e vídeos

Da Redação - Thaís Fávaro

16 Jan 2019 - 17:54

Foto: Rogério Florentino/ Olhar Direto

Curso de tiro em Cuiabá recebe mais de 40 ligações por dia após decreto de Bolsonaro facilitar posse;  fotos e vídeos
Bastou o presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) assinar na terça-feira (15) o decreto que facilita a posse de arma de fogo para começar uma verdadeira "corrida" por cursos de tiro em Cuiabá. O diretor técnico da Federação de Tiro de Mato Grosso e proprietário da Defender – Tiro de Defesa em Cuiabá, Edson Massaiti Igarashi, afirma que a busca pelo curso de tiro aumentou cerca de 90%. “Só ontem recebemos aqui mais de 40 ligações de pessoas interessadas”, diz.

Leia mais
Cuiabanos terão direito a facilitação de posse de arma com decreto de Bolsonaro; veja detalhes
 
Edson explica que muitas pessoas não entenderam o novo decreto e acham que só agora poderão comprar uma arma de fogo, mas na verdade nunca houve esse impedimento.

“O que as pessoas não estão entendendo e que está gerando uma grande confusão é que nunca esteve proibido a posse de arma de fogo, o assunto veio à tona agora e muitas pessoas tem procurado pelo curso porque acham que agora é a chance de conseguirem uma arma, mas na verdade essa possibilidade sempre existiu, o que houve na verdade foi uma renovação de pensamentos”, diz.

O direito à posse é a autorização para manter uma arma de fogo em casa  ou no local de trabalho. Para isso é preciso passar por uma série de requisitos para que a pessoa consiga ter a autorização para comprar e manter uma arma de fogo em sua residência.



Edson relata que tem percebido uma certa pressa das pessoas para iniciarem o curso. “Algumas pessoas confundem o curso com o teste, esse é um curso, aqui nós ensinamos o princípio de tudo, parte pratica e teórica. Manuseio da arma, como desmontar, limpar e armazenar. Muita gente nos procura achando que o curso dará a ele a autorização para ter a arma, que é só fazer as aulas que depois já estaria autorizado, confundem curso com teste”, afirma.



Para realizar o teste e conseguir autorização para comprar a arma, é preciso ter conhecimento das técnicas para uso e manuseio de arma de fogo, apresentar os documentos pessoais, o laudo psicológico emitido por um psicologo credenciado pela Polícia Federal e, por fim, fazer o teste com um instrutor credenciado pela PF. 



Sobre a possibilidade de aumentar os casos de feminicídio Edson pontua, “infelizmente a violência contra a mulher é uma coisa que está muito presente no nosso dia a dia, os homens matam as companheiras com pedras, facas ou um pedaço de madeira. Esses objetos todos são atípicos porque não foram feitos para matar, então ter uma arma em casa que é um objeto feito para matar com certeza assusta as mulheres, mas não acredito que vá aumentar só porque de certa forma facilitou alguma coisa”, afirma

Mas ele esclarece que muitas mulheres têm procurado o curso visando a possibilidade de se defenderem da violência doméstica ou até mesmo por estarem em alguma profissão arriscada. “Recebo aqui muitas advogadas, agentes prisionais, policiais femininas, elas buscam com o principal objetivo de ter uma arma para defesa pessoal. O importante é que fique claro que mesmo para quem já tem a prática é preciso continuar se aperfeiçoando”, conclui.
 
Decreto

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) assinou, nesta terça-feira (15), o decreto que que facilita a posse de armas. O texto permite que o cidadão compre até quatro armas de fogo e também que a validade do registro passe de cinco para dez anos.

Como o povo soberanamente decidiu por ocasião do referendo de 2005, para lhes garantir esse legítimo direito à defesa, eu como presidente vou usar essa arma", disse Bolsonaro, ao mostrar uma caneta e assinar o decreto. A população de Cuiabá e Várzea Grande está inserida nas que poderão ter uma arma, já que a taxa de homicídios é superior a dez para cada cem mil habitantes.



Confira as regras para possuir arma em casa:

Caso crianças, adolescentes ou pessoa com deficiência mental morem na residência em que ficará a arma, o proprietário deverá apresentar uma declaração comprovando a existência de um cofre ou local seguro para armazenamento.

O poder público vai presumir veracidade dos fatos e das circunstâncias na declaração que o cidadão fizer para atestar a necessidade de ter uma arma em casa;

Poderão ter arma agentes públicos e militares, inclusive os inativos, além de moradores de áreas rurais e aqueles de zona urbana que residam em estados com mais de dez homicídios por cem mil habitantes (de acordo com dados de 2016).

Atiradores, colecionadores, caçadores e responsáveis legais por estabelecimentos comerciais ou industriais também terão a efetiva necessidade da posse de arma comprovada, segundo o decreto. 

9 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • rodrigo
    21 Jan 2019 às 13:41

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Pereira
    17 Jan 2019 às 18:31

    Defender - Tiro de Defesa. Contato: 65. 3023-0330

  • Pedrão
    17 Jan 2019 às 12:30

    Apesar de a maior parte dos policiais terem apoiado esse novo governo, acho que deram um tiro no pé. Não é possível que policiais defendam a facilitação do acesso da população a armas de fogo. Como já disse um pilantra da câmara federal, "Deus tenha piedade dessa nação".

  • Nelson
    17 Jan 2019 às 11:38

    Acho muito importante que nossas filhas, esposas e irmãs aprendam a utilizar uma arma para que possam se defender de agressores. Ademais a defesa continuará sendo legitima mesmo se agressor for seu marido ou companheiro. E os gays (muitas vezes vítimas de crimes contra a vida em razão de sua opção sexual) também têm todo o direito de defesa pessoal e também podem optar por ter uma arma para se defenderem. Obviamente estou falando de legítima defesa (em conformidade com a legislação) jamais a posse ou porte de arma como meio de coagir ou injustiçar quem quer que seja

  • Wilson
    17 Jan 2019 às 10:46

    O povo é burro demais, ta doido, por isso não se deve liberar o PORTE, tem gente que não tem capacidade nem de interpretar uma simples lei, imagina portar uma arma... POSSE pra esse bando de burro já ta bom! Sempre foi permitido, ter arma, só não é simples consegui-la. Porém agora que os energúmenos descobriram que existe!! Precisam evoluir muito ainda pra poder andar com uma arma na cintura!

  • Véio Joaquim
    17 Jan 2019 às 09:34

    Faltou dizer onde é e o telefone desse club de tiro, pois pretendo RENOVAR minha posse..... Obrigado

  • Sebastiana
    17 Jan 2019 às 09:22

    Ja vo la fazer minha inscrição, pra aquelas doida num mexer mais com meu esposo. Ta pensando o que? agora eu quero ver vim de gracejo pra riba do meu homem. Vai ser tiro certo!

  • Zika com Tosse
    17 Jan 2019 às 08:26

    juro que não entendo, apenas o prazo para renovação do registro foi alterado, ou o povo é burro ou é burro. Sempre pode ter respeitando a regra do exame psicológico, teste de aptidão e os 25 anos de idade mínima, porque não iam atras antes????? -\(*.*)/-

  • Daniel
    16 Jan 2019 às 23:54

    Um homem querendo minimizar o aumento do feminicidio com armas em casa... Qual a novidade.?? Nenhuma, macho exercitando o machismo.

Sitevip Internet