Olhar Direto

Terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Notícias / Cidades

Crianças são flagradas tomando banho em água barrenta de lagoa de novo parque

Da Redação - Vinicius Mendes

10 Fev 2019 - 08:36

Foto: Reprodução

Crianças são flagradas tomando banho em água barrenta de lagoa de novo parque
Três crianças foram flagradas tomando banho na lagoa artificial que está sendo construída no novo Parque da Família, no bairro Terra Nova em Cuiabá. As obras no local ainda estão em andamento e o parque não está em funcionamento. A Prefeitura de Cuiabá afirmou que irá reforçar a fiscalização no local para que não ocorra mais esse tipo de irregularidade.
 
Leia mais:
Após TAC, Cuiabá ganha novo parque municipal na região do Terra Nova
 
Um vídeo gravado por um morador da região registrou o momento em que as três crianças tomavam banho na água barrenta que se acumulou no lago artificial em decorrência da chuva desta sexta-feira (9). O parque ainda não está em funcionamento.


 
As obras ainda estão em andamento, com previsão de ser entregue pela Prefeitura de Cuiabá em abril deste ano. A assessoria da Prefeitura afirmou que entrou em contato com a Secretaria de Serviços Urbanos, responsável pela obra e foi informada que uma equipe já faz a segurança no local, principalmente a noite, por ser o período em que mais ocorre furtos de materiais de construção da obra. Informou ainda que medidas serão tomadas para que esse tipo de irregularidade não volte a acontecer, pois coloca a vida das crianças em risco.
 
O parque
 
A área será completamente cercada por aproximadamente 10 mil árvores nativas e contará com trilhas internas para caminhada, campo de futebol, iluminação com lâmpadas LED, bancos, e outros equipamentos. Também será implantado um espaço com vários tipos de aparelhos voltados para a prática de exercícios físicos e outro planejado para pets, denominado "ParCão".
 
A obra é feita em parceria com o Pantanal Shopping e cerca de R$ 1,8 milhão está sendo investido na concepção da estrutura. A área tem aproximadamente 32 mil metros quadrados. A criação de novas áreas de recreação faz parte do pacote de medidas adotadas por Emanuel Pinheiro com o objetivo de promover o embelezamento da cidade, a inclusão social, e a facilitação do acesso aos benefícios ofertados pelo poder público

13 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Alexandre
    13 Fev 2019 às 09:47

    Acho q só construir o Parque sem alguém para cuidá-lo (vigia), para manter a ordem e organização do mesmo não deixará os moradores de bem que querem usufruí-lo tranquilos. É necessário segurança e proteção da parte natural, plantas, gramado e lago e também de quem frequentá-lo.

  • Cidadã
    11 Fev 2019 às 11:33

    Cadê os tapumes, exigidos nas obras?

  • Leonardo Castro
    11 Fev 2019 às 10:18

    Uma coisa puxa a outra! Hoje eles nadam nesta água e amanhã estão na UPA com problemas de saúde! Os pais devem cuidar e advertir seus filhos, o município não tem dever com isso. Respondendo o comentário infeliz do Senhor Flávio, que por sinal deve morrer de vontade de morar nos edifícios que citou, sou morador da região e todos os que conversei sobre o assunto estão preocupados com a segurança e saúde das crianças. O problema é coletivo de segurança e saúde e não de status dos condomínios, então antes de escrever um comentário desse pense e reflita sobre suas intenções. Não agrega em nada!

  • Mauro Sergio
    10 Fev 2019 às 19:15

    NA REPRESA TUDO BEM É AGUA DA CHUVA, POBLEMA SE FOSSE NO CORREGO AO LADO DELA, AGUA VINDA DO CORREGO DO PARQUE OKAMURA CHEIA DE ESGOTO FEZES MESMO, EU PERGUNTO PORQUE ATE HOJE A SEMA, MP. OS ÓRGÃO AMBIENTAL AINDA NÃO FISCALIZOU PRA SABER QUEM ESTA COMETENDO ESTE CRIME. VAMOS SAIAM DOD GABINETES.

  • Raimundo
    10 Fev 2019 às 14:42

    Quem tem que cuidar são os pais, o Estado não pariu ninguém!

  • Flavio
    10 Fev 2019 às 14:09

    Os moradores dos edifícios vizinhos, que estão indignados com a cena, que os convidem para tomar banho nas piscinas de seus prédios.!

  • Marcelo
    10 Fev 2019 às 13:42

    O parque está fechado e em obras sequer foi inaugurado para a população. Aí acontece algum acidente e os pais processam a prefeitura enfurecidos. Eu advogado e para a prefeitura com louvor se isso acontecesse.

  • Rafael
    10 Fev 2019 às 12:07

    Lá não tem 10 mil árvores nunca

  • Transtorno
    10 Fev 2019 às 12:06

    Qual fiscalização? Não existe. Esse parque é um verdadeiro transtorno para a região, não existe fiscalização, segurança, já está cheio de ambulantes sem fiscalização sanitária, aumento de consumo de drogas e vendas na região por conta do parque, aumento de furto e roubo. E um monte de gente s m educação que nem entregou e já estão depredando o que foi construído. Motoqueiro e carros cortando caminho dentro do parque. Qual a vantagem desse parque? Se nem a polícia quando é necessário nem aparece.

  • Dora Aventureira
    10 Fev 2019 às 11:24

    Quem tem que cuidar são os pais dessas crianças. Cadê eles??

Sitevip Internet