Olhar Direto

Sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Notícias / Política MT

Wilson promete enfrentar poderosos sonegadores e fala em perda de R$ 100 mi com combustíveis

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

11 Fev 2019 - 14:34

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Wilson promete enfrentar poderosos sonegadores e fala em perda de R$ 100 mi com combustíveis
O deputado estadual Wilson Santos (PSDB), que deve apresentar na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (12) a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a sonegação e a renúncia fiscal, disse que a sonegação no estado chega em torno de R$ 2 bilhões ao ano. 

Leia mais
'O que nos uniu foi a defesa dos servidores e dos direitos da população', diz Lúdio sobre bloco com PSL e MDB


O tucano ainda comentou que um empresário do ramo de combustíveis relatou que só neste segmento a sonegação chega a R$ 100 milhões ao ano.

Wilson pontuou que a CPI não terá pressão do governo para que deputados da situação retirem suas assinaturas. “Eu falei com o secretário da Casa Civil, Mauro Carvalho, me garantiu que o governo não fará pressão nenhuma”, disse em entrevista a Rádio Vila Real nesta segunda-feira (11).

A CPI será formada por cinco deputados titulares e cinco suplentes. “Caberão aos líderes de blocos a indicação e a proporcionalidade de cada bloco”, explicou.

O parlamentar argumentou que a investigação é perigosa, já que mexe com interesses financeiros. “Nós vamos mexer com gente poderosa, com gente grossa. Com gente que sonega, e que sonega grosso”.

Para o parlamentar, as outras duas CPIs realizadas na ALMT, de 2014 e 2016, não teriam produzidos resultados necessários, pois não ocorreu devolução de valores para os cofres do estado e punição de ninguém.

“Nós vamos começar esta CPI dando aos órgãos de controle, como Ministério Público do Estado, Ministério Público Federal, Controladoria-Geral do Estado, a oportunidade para que eles possam apresentar quais foram os procedimentos, quais foram as medidas tomadas pelas CPIs de 2014 e 2016”, finalizou.

Até o momento, nove deputados já assinaram o requerimento para instalação da CPI.
São eles Elizeu Nascimento (DC), Valdir Barranco (PT), Lúdio Cabral (PT), Janaina Riva (MDB), Dr. João (MDB), Thiago Silva (MDB), Delegado Claudinei (PSL), João Batista (Pros) e o próprio Wilson Santos.

8 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Raimundo
    12 Fev 2019 às 09:29

    Santa demagogia!

  • EMORAES
    12 Fev 2019 às 08:54

    Nobre Deputado, faça um favor a sociedade por gentileza, já que V.Excelência possui todo esse conhecimento sobre o assunto, é simples envie todo esse Dossiê as autoridades competentes e cobre deles, pois essa missão é da Polícia, Ministério Público etc. A sociedade não quer mais pagar a conta dessas CPIs.

  • Jonas
    11 Fev 2019 às 21:55

    Na que sabe quem desvia porque não dá o nome dos empresários direto para delegacia fazendária ou pelo visto a cpi vai servir de propina e pagamento de campanha futura

  • por justiça
    11 Fev 2019 às 21:53

    cuidado com os perversos....

  • João Paulo
    11 Fev 2019 às 21:22

    Parabéns, deputado! Está no caminho

  • Iracema Oliveira
    11 Fev 2019 às 18:04

    Como foram reeleger esse péssimo parlamentar?

  • Paulinha
    11 Fev 2019 às 17:29

    Por que ele não sugerir CPI do ex governador em caro Deoutado??? Vai acabar em nada, como todas as outras, gasto do dinheiro publico para como forma votos do eleitorado próxima eleição...

  • Isaías Ribeiro
    11 Fev 2019 às 16:41

    Wilson Santos é o pior deputado estadual da história de MT...

Sitevip Internet