Olhar Direto

Segunda-feira, 25 de março de 2019

Notícias / Esportes

Operário quer paralisação de campeonato e diz que jogadores de outros times também foram ‘comprados’

Da Redação - Wesley Santiago

14 Mar 2019 - 17:33

Foto: Reprodução/Ilustração

Operário quer paralisação de campeonato e diz que jogadores de outros times também foram ‘comprados’
Parma de Oliveira, técnico e diretor do Operário FC, time que disputa a 1ª divisão do Campeonato Mato-grossense, disse ter informações de que jogadores de outros times também teriam sido ‘comprados’ para manipulação de resultado no estadual. Um boletim de ocorrências (BO) foi registrado e a Polícia Civil deverá apurar o caso. A Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) informou que acompanha o caso e que, por enquanto, a competição segue normalmente. Vale lembrar que a equipe foi rebaixada.

Leia mais:
Operário FC acusa jogador de aliciar outros atletas do clube para manipular resultados no Mato-grossense
 
“O que aconteceu foi que, desde o segundo jogo, tínhamos quatro jogadores comprados para entregar o resultado. Nossos jogos foram todos vendidos. Agora estamos tendo alguma dificuldade para obter outras informações, mas vamos aguardar a Polícia Civil abrir o inquérito e encaminhar para o Ministério Público. Tem que paralisar o campeonato. Acham que tirando o Operário vai resolver? Não vai. Nós fomos os maiores prejudicados nisto”, disse o técnico ao Olhar Direto.
 
Parma ainda conta que está tentando fazer com que o lateral-esquerdo Diego Queiroz, que seria o responsável por aliciar outros atletas, colabore com as investigações. “Estou convencendo ele a depor para falar quem é responsável por isto. Mas ele precisa de tempo para juntar as provas. Ele me disse que não está sozinho, que pode ter mais clubes envolvidos. O responsável por isto está em Mato Grosso. Ele foi aos campos fazer a proposta”.
 
O técnico garante que, não fosse a manipulação de resultados, a posição do Operário FC seria outra no campeonato. “Tem que paralisar o campeonato. Estávamos com o artilheiro da competição, o melhor ataque e depois, analisando os vídeos, vimos que os jogos que perdemos foram por falhas individuais, entregadas. Afastamos todos e sobraram só cinco ou seis atletas do profissional, que não estavam envolvidos”.
 
O diretor de competições da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), Diogo Carvalho, disse à reportagem que a entidade foi informada oficialmente sobre o caso na tarde da última terça-feira (12). “Estamos dando todo o apoio, mas por enquanto é uma denúncia que precisa ser investigada. Pedimos que o boletim de ocorrências fosse repassado para o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD/MT) e para a procuradoria para possíveis apurações”.
 
Como a denúncia ainda é “embrionária” segundo a federação, o campeonato segue normalmente. “Não sabemos se os jogadores foram pagos mesmo, tudo tem que ser apurado e os responsáveis punidos”.
 
Denúncia
 
Uma suposta venda de resultados por parte dos jogadores do Operário FC, time que disputa a 1ª divisão do Campeonato Mato-grossense, foi denunciada pelo técnico e diretor do clube, Parma de Oliveira. Foi registrado um Boletim de Ocorrência em uma delegacia de Várzea Grande em que o treinador e outro jogador acusam o lateral-esquerdo Diego Queiroz de aliciar outros atletas do time, que foi rebaixado à segunda divisão na última rodada.
 
Ao Globo Esporte, Diego Queiroz negou que tenha participado de esquema de venda de resultados. Ele salientou que foi um dos primeiros jogadores a chegar e que sempre auxiliou o Parma de Oliveira. Mas que de fato ele também recebeu a proposta para manipular resultados, na última rodada contra o Cuiabá.

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • MEMBRO BOCA SUJA
    15 Mar 2019 às 11:42

    O negocio é que tem que para de ter esses times nada ver aí tipo esse operario quem que torce pra esse time?? TEM QUE VOLTAR GREMIO DE JACIARA, VILA AURORA, BERGA, PALMERINHA, JUVENTUDE DE PRIMAVERA DO LESTE

  • MANEZINHO
    15 Mar 2019 às 10:42

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Ares
    15 Mar 2019 às 10:37

    Parar o campeonato? Kkkkkkk chamar esse trem de campeonato é uma piada de muito mal gosto

  • Luis
    15 Mar 2019 às 07:46

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Júnior mixtense
    15 Mar 2019 às 07:27

    Paralisar o campeonato?. O problema foi criado pelos atletas deles, problemas deles. Agora, quer que punir todos os clubes, ai assim é uma injustiças.

  • Alberto
    15 Mar 2019 às 07:24

    Está na hora da federação fazer uma triagem dos times de Mato Grosso que disputam o campeonato. Basta de times medíocres e dirigentes malandros.

Sitevip Internet