Olhar Direto

Segunda-feira, 25 de março de 2019

Notícias / Cidades

"Quem mata uma alma, mata toda humanidade", diz Sociedade Muçulmana de Cuiabá sobre atentado

Da Redação - Isabela Mercuri

15 Mar 2019 - 15:14

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

A Sociedade Beneficente Muçulmana de Cuiabá (SBMC) publicou nesta sexta-feira (15) uma nota de repúdio em razão do atentado a duas mesquitas na Nova Zelândia, que deixou pelo menos 49 pessoas mortas. Também neste dia, uma reunião realizada na mesquita prestou uma homenagem às vítimas da tragédia.

Leia também:
Em Cuiabá, muçulmanos iniciam mês de sacrifícios e jejum nesta quinta-feira

“É com imensa tristeza que a SBMC - Sociedade Beneficente Muçulmana de Cuiabá recebe mais uma notícia de vidas inocentes, ceifadas, no atentado ocorrido na Nova Zelândia, 49 vítimas do extremismo e intolerância religiosa, condutas que são totalmente condenadas por todas as religiões e pessoas de bem”, diz a nota.

Segundo o sheik Abdussalam Almansori, que nasceu no Iêmen, o Alcorão Sagrado diz que “quem tirar a vida de um inocente, é como se tivesse tirado a vida de todos os seres humanos”.

No sermão desta sexta-feira (15), o líder religioso afirmou: “Não pense que aqueles que sucumbiram na adoração de Allah estejam mortos. Ao contrário, vivem agraciados ao lado de seu senhor. Allah escolheu a eles e agraciou a eles que sejam os mártirs”.

Abdussalam ainda acrescentou que “Allah não estima os agressores. Seja agressores contra a vida dos outros, as finanças dos outros, a honra dos outros. Deus não estima os agressores”.

Leia a íntegra da nota de repúdio:

Que a Paz, a Misericórdia e a Benção de Deus estejam com todos!

É com imensa tristeza que a SBMC - Sociedade Beneficente Muçulmana de Cuiabá recebe mais uma notícia de vidas inocentes, ceifadas, no atentado ocorrido na Nova Zelândia, 49 vítimas do extremismo e intolerância religiosa, condutas que são totalmente condenadas por todas as religiões e pessoas de bem.

No Alcorão Sagrado diz: “(...) E quem tirar a vida de um inocente, é como se tivesse tirado a vida de todos os seres humanos”

A intolerância religiosa que se espalha pelo mundo deve ser combatida com veemência e deve ser severamente punida. Condutas criminosas como as incitações, violências, agressões e xingamentos devem ser denunciados imediatamente para que o ódio não se dissemine e seus responsáveis sejam punidos.

A Sociedade civil e todas as religiões devem se unir e levantar de forma pacífica contra TODO e QUALQUER ATO de violência e injustiça, a favor da Paz e da convivência pacífica entre os povos, caso contrário sempre seremos vítimas de tais práticas.

Manifestamos nossa solidariedade e condolência as famílias das vítimas e a toda humanidade. Todos nós perdemos com tudo isso! Que Deus tenha misericórdia dessas almas inocentes e de todos nós.


Assista ao sermão AQUI.

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • London
    16 Mar 2019 às 08:13

    - Porque quando há mortes por intolerância na África ou no próprio Oriente Médio ninguém se manifesta? A vida é muito curta para ficar sentindo ódio o tempo todo. Com religião ou não, respeitar o próximo é um dever básico de todos nós. Mais AMOR por favor!

  • Cristian
    16 Mar 2019 às 07:29

    OK , concordo ! Mas os muçulmanos precisam convencer os seus irmãos também disso tudo ! Quando se falam em ataques terroristas epalavras de ódio , automaticamente a ligação é com os muçulmanos!

  • Levi
    15 Mar 2019 às 18:22

    Se a palavra religião vem do latim, é significa religar-se, isso deveria servir para todos que a praticam. Por isso, me solidarizo com a comunidade muçulmana que hoje está em luto. Que atentados terroristas como o da Nova Zelândia, sirva de reflexão para que possamos pensar no outro como ser humano, sem preconceitos bobos ou idéias extremistas!

  • marcos
    15 Mar 2019 às 17:38

    não estou desejando mal pra ninguém, mas os maiores assisianos de Cristão são os muçulmanos. isso ai eles não vê. é a lei da semeia dura.

  • pedro
    15 Mar 2019 às 16:01

    O estranho é que quando muçulmanos matam explodindo bombas em massa com caminhões, o que vem a ser muito comum, não lembro de ter vistos estes se manifestarem em prol das vítimas. Nada justifica o ocorrido. Mas a postura dos muçulmana e que não concordo!!!

  • Raimundo Severino.
    15 Mar 2019 às 15:53

    A alma é imortal. Mas o corpo sim,é mortal. Só que pode dar um fim á alma é Deus. Isso é pelo que eu sei.

Sitevip Internet