Olhar Direto

Quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Notícias / Política MT

Senador José Medeiros deixa o PPS e pode disputar Prefeitura de Rondonópolis

Da Redação - Laíse Lucatelli

19 Mar 2016 - 16:01

Foto: Agência Senado

Senador José Medeiros deixa o PPS e pode disputar Prefeitura de Rondonópolis
O senador José Medeiros protocolou no diretório municipal de Rondonópolis, sua desfiliação do Partido Popular Socialista (PPS), após 16 anos de militância. Com a saída dele, o PPS fica com apenas um senador, o recém-filiado Cristovam Buarque (PPS-DF). Medeiros exerce o mandato desde janeiro de 2015, quando assumiu a cadeira deixada pelo ex-senador, hoje governador Pedro Taques (PSDB), e é cotado para disputar a Prefeitura de Rondonópolis este ano.

Leia mais:
Senador de MT afirma que colocar Lula em ministério seria ‘auto-golpe’ de Dilma
 
Medeiros afirmou que decidiu deixar o PPS após 16 anos em função de divergências com outros militantes da sigla. Porém, ele não quis citar nomes. “O relacionamento com o PPS nacional é extraordinário, mas no estado poderia ser melhor. O partido é orgânico, tem muitas ideias, e tive divergências com militantes antigos do partido. Não saio com mágoa, e deixo muitos amigos”, afirmou.

Ele agora avalia os convites de diversas siglas, para decidir a qual vai se filiar, entre elas o PSC, PSB, PSD, PSDB, PMDB e PP. Apesar de não apontar uma tendência, Medeiros disse que vem conversando há mais tempo com líderes do PSD, como o vice-governador Carlos Fávaro e o ministro das Cidades, Gilberto Kassab.

“O convite do PSD veio primeiro, mas estou avaliando todas as siglas. Tenho alinhamento muito forte com o governador, ajudei a eleger esse governo, então quero continuar em um partido da base do Pedro Taques. Além disso, não quero um partido que me obrigue a apoiar o governo federal. Quero continuar atuando como oposição”, disse o senador ao Olhar Direto.

O parlamentar afirmou que não tem pressa para se filiar a um novo partido. Porém, caso deseje disputar as eleições deste ano, terá que se filiar até o dia 2 de abril, ou seja, seis meses antes da eleição. Com a mudança de sigla, José Medeiros pode viabilizar sua candidatura a prefeito de Rondonópolis.

Ele é cotado para ser o candidato da base aliada do governador, e poderá disputar contra o atual prefeito, seu padrinho político Percival Muniz (PPS), também pertencente à base aliada. Percival, porém, ainda não anunciou se disputará ou não a reeleição. Outro potencial candidato a prefeito é o deputado estadual Zé do Pátio (SD).

“Tem muita gente defendendo minha candidatura a prefeito, mas ainda não parei para avaliar isso. Percebo que há um desgaste natural de quem já está na prefeitura, e poucas opções de candidatos para o cargo. Preciso avaliar ainda essa possibilidade, mas não descarto”, disse Medeiros. 

10 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Itamar
    02 Nov 2016 às 11:01

    Não confio nesse cara , ele fala muita besteira, extremente mal educado etc...

  • edson
    14 Jun 2016 às 21:54

    Não consigo entender a posição desse senador votando contra o governo de esquerda. Afinal, como está em sua biografia, perdeu dois parentes na seca. será que ele acha que o presidente golpista vai ter tempo para olhar para o povo nordestino, tão sofrido. É pagar pra ver. Fora senador.

  • Juliano Camargo
    23 Mar 2016 às 23:26

    Ele já é um dos Senador mais ativos da oposição. Quem critica é porque nunca ligou na TV Senado e não viu. Por isso também que nossa política é ruim - um monte de cidadão ruim que não dá o crédito devido e apenas apóia o candidato do seu partido. Medeiros é uma grande perda para o PPS.

  • Devid Santos
    20 Mar 2016 às 19:02

    Percival vai ganhar a campanha mais fácil da vida dele, não tem concorrentes aqui na cidade, a cidade nunca teve tantas obras realizadas e sendo realizadas como está sendo feito nessa administração, o prefeito não está sabendo mostrar seu trabalho. Percival está sem tesao político, tem hora que penso que não será candidato. Acho ninguém que assumi essa prefeitura com essa crise, só pode ser isso.

  • Cientista político
    20 Mar 2016 às 17:45

    Que sorte do PPS, trocar Medeiros por Cristovam Buarque, reconhecido como a pessoa que mais entende de educação do brasil e ótimo candidato a Presidente da República, agora pra medir o seu tamanho deve ser candidato a prefeito de Roo, vai tomar uma taca do Barba! Tudo encaminhado para em 2018 voltar a ser Polícia,quem tem cabeça pequena é assim mesmo!!

  • Ana Clara
    20 Mar 2016 às 08:54

    ESSE CIDADÃO NÃO REPRESENTA NINGUÉM SOMENTE O ELE MEMSO !!!! O QUE FEZ PELO MATO GROSSO A NÃO SER RECLAMAR DO GOVERNO FEDERAL ???????? NÃO TEM O QUE MOSTRAR E FICA AI FALANDO AO VENTO SO PARA APARECER !!!! NÃO OBTEVE NENHUM VOTO E AINDA ACHA QUE GANHA PARA ALGUM OUTRO CARGO !!!! SE PREOCUPA COM O SEU PROCESSO NO TSE SENADOR !!!! http://www.olhardireto.com.br/juridico/noticias/exibir.asp?noticia=tse-reabre-processo-sobre-indicios-de-fraude-no-caso-das-atas-e-senador-pode-perder-mandato&id=30989

  • André Castro Bittar
    20 Mar 2016 às 07:58

    Parabéns Medeiros, começou a pensar politicamente, você só teria a ganhar politicamente com a disputa em Rondonopolis, se filia ao PSD e venha com apoio do Taques ser Prefeito de Rondonopolis, sendo candidato do governo você irá criar sua base eleitoral em Rondonopolis, deixará de ser uma pessoa basicamente desconhecida da população de Rondonopolis, tem tudo para se sair bem, precisamos do novo, você não tem restrição com o povo, precisamos da MUDANÇA DE VERDADE, precisamos do novo político, e no pior dos resultados você irá perder para Percival, feio seria o todo Poderoso Percival perder para você. Essa matéria deve está tirando o sono de muito puxa saco em Rondonopolis. Essa será sua única chance de permanecer na política e criar uma base política respeitada.

  • Mauro
    19 Mar 2016 às 20:53

    quer uma dica o partido da bola PSC vai levar a presidencia da republica

  • eduardo
    19 Mar 2016 às 19:34

    inexpressivo, sem voto...é preciso mudar a legislação eleitoral no país, é um deboche a democracia a população tem que aturar suplentes inexpressivos com mandato sem ter obtido sequer um voto, e o que é pior, sem força eleitoral pra sequer ser vereador. mas, o pior de tudo, é ter que ver entrevistas desse senhor como se fosse liderança política...suplentes terem mandato sem passar pelo crivo das urnas é uma blasfêmia a democracia!!!!

  • Valdiney Mendes
    19 Mar 2016 às 18:16

    Mostre oque o nobre senador ja fez pelo nosso Brasil como senador. Ai o povo vai avaliar.

Sitevip Internet