Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 03 de junho de 2020

Notícias / Energia

Biocombustível a partir de algas e poeira de carvão

Canal-Jornal da Bioenergia

25 Jun 2014 - 13:49

Uma inovadora tecnologia capaz de, com uso de algas, converter poeira de carvão em carvão limpo e de alta qualidade, que pode ser prontamente processado em biocombustíveis, foi anunciada pela Nelson Mandela Metropolitan University.

A tecnologia pioneira foi desenvolvida pela equipe da universidade durante os últimos três anos, com recursos do Departamento de Ciência e Tecnologia, e já há planos para a produção e comercialização de produtos, de acordo com nota divulgada pela universidade.

Uma das principais áreas de estudo do instituto de engenharia química, InnoVenton, é a conversão de resíduos de carvão em um material útil, limpo e de alta qualidade, com o uso de biomassa de algas. Os pesquisadores do instituto descobriram que microalgas podem ser combinadas com carvão, e funcionam como um excelente formador de carvão fino.

“Se misturarmos poeira de carvão e biomassa de algas, as algas irão se juntar na superfície do carvão e ligar as partículas de pó” explica o Professor Ben Zeelie, da InnoVenton. O resultado é um composto carvão-alga, que a equipe nomeou - e patenteou - com o nome Coalgae.

“Os compostos Coalgae podem ser aplicados como substitutos em aplicações que requerem carvão, ou podem ser refinados por uma variedade de tecnologias adicionais, como pirólise (aquecimento na ausência de oxigênio)”, de acordo com o instituto. O resultado desse processamento adicional é uma mistura crua de óleo bio-fóssil que pode ser processada em muitos combustíveis, como gasolina, diesel, querosene, combustível de aviões e outros óleos combustíveis pesados.
Sitevip Internet