Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 29 de setembro de 2020

Notícias / Tecnologia

No RN, tecnologia ajuda criadores de camarão a ter mais rendimento

Globo Rural

15 Jul 2014 - 13:52

A criação de camarão é uma atividade em expansão no Rio Grande do Norte. O estado é um dos principais produtores do crustáceo no país e para faturar mais, as empresas estão modernizando o sistema de produção.

Os 250 tanques espalhados pelos 960 hectares de uma fazenda que fica em Pendências provam que o investimento na criação de camarão vai muito bem.

A empresa, que chegou a fechar as portas em 2009, depois de duas enchentes na região, hoje é uma das líderes do mercado nacional em volume. A produção vai para o Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul, e para conquistar cada vez mais mercado, os investimentos vão desde os comedores automáticos até a seleção genética.

A tecnologia também ajuda a garantir mais eficiência em todo o processo. Com a despesca mecanizada é possível retirar o camarão do viveiro com uma velocidade até 4 vezes superior que a da despesca convencional.

Com mais visibilidade, a fábrica já planeja novos investimentos para o ano que vem.

A alta no preço do camarão também tem ajudado os criadores do estado. Os produtores classificam o preço conforme o peso do camarão, o pequeno está saindo por R$ 10 o quilo, mesmo preço praticado o ano passado, e o camarão grande teve uma boa valorização e pode ser vendido por até R$ 25.

Itamar Rocha, presidente da Associação Brasileira de Produtores de Camarão, explica os motivos da alta no preço e a expectativa de aumento na produção.
Sitevip Internet