Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 28 de maio de 2020

Notícias / Energia

Ministro de Minas e Energia autoriza construção de Usina Termelétrica na região do Araguaia

Da Redação - Viviane Petroli

09 Abr 2015 - 11:34

Foto: Assessoria deputado estadual Baiano Filho

Ministro de Minas e Energia autoriza construção de Usina Termelétrica na região do Araguaia
A região do Araguaia em Mato Grosso recebeu para a construção de Usina Termelétrica, que deverá ser implantada em Querência ou Vila Rica. A autorização foi dada pelo ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, durante reunião nesta semana em Brasília (DF), que contou com a presença de 18 prefeitos do Araguaia. A expectativa é que sejam gerados pela Usina cerca de 20 megawatts.

O encontro entre prefeitos da região do Araguaia e o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, ocorreu nesta quarta-feira (08), em Brasília, e contou com a presença dos senadores Blairo Maggi e Wellington Fagundes, do deputado estadual Baiano Filho e do secretário de Desenvolvimento Regional Eduardo Moura.

Durante o encontro o senador Blairo Maggi destacou a necessidade do suprimento energético na região, que compreende 17,143 milhões de hectares. "É uma região com grande expectativa econômica, com capacidade de crescimento na produção agrícola e pecuária. A expansão da oferta energética já tornou-se emergencial para o atendimento das atuais demandas, e também se faz necessária para o desenvolvimento da economia local", frisou Maggi.

Leia mais:
ANEEL autoriza redução de 2,22% na tarifa anual de energia para Mato Grosso
Aneel aprova alta de 26,8% na Revisão Tarifária Extraordinária em Mato Grosso; Reajuste anual será em abril

A Associação dos Municípios do Araguaia (AMA) apresentou ao ministro de Minas e Energia um documento mostrando que apenas em 2013 a demanda reprimida por atendimento do programa Luz para Todos totalizou 7.129 domicílios. O documento aponta ser "importante salientar a necessidade do atendimento a uma demanda reprimida de aproximadamente 37 MW, entre 2015 e 2018, sendo que, a única solução emergencial viável seria a instalação de uma ou duas unidades geradoras térmicas nas proximidades das subestações de Querência ou Vila Rica 138 kV”.

O objetivo com a Usina Termelétrica na região do Araguaia é garantir um reforço na oferta de energia, equilibrando assim o sistema energético e amenizando as recorrentes interrupções de energia na região.

Na reunião ficou estabelecido que o próximo passo para a implantação da Usina será a definição dos critérios para a abertura de leilão à iniciativa privada e após o leilão a estimativa é de em aproximadamente um ano e meio a térmica entrar em funcionamento.

“Certamente uma grande vitória para o Araguaia, os ganhos são imensuráveis, a região ganha não apenas com a garantia de condições para a produção, teremos ali mais uma empresa que contribuirá com impostos, com a geração de emprego e renda, garantiremos tranquilidade aos moradores, aos comerciantes que a cada queda de energia amargam prejuízos, ao pequeno produtor que aguarda pela ligação do Luz para Todos, enfim, não importa se Querência ou Vila Rica, quem ganha é a região, e o ministro foi sensível em nos entender”, frisa o deputado estadual Baiano Filho.

O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, declarou que iria reunir-se com representantes da “Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) para ajustarem o preço desses leilões, ou as licitações ficarão dando vazio. O que vamos fazer agora é tentar uma solução emergencial, aprovada pelo CMSE”.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • SINDENERGIA
    09 Abr 2015 às 18:55

    O SINDENERGIA parabeniza a atuação dos senadores Blairo Maggi e Wellington Fagundes, do Dep. Baiano Filho, do Sec. Eduardo Moura pela conquista junto ao Min. Eduardo Braga em autorizar a construção de uma usina termoeletrica para a região do Araguaia. Temos certeza que esta obra impulsionará a economia da região. JOSÉ ANTONIO DE MESQUITA PRES. DO SINDENERGIA SIND. DA CONST., GERAÇÃO, DIST., E TRANSM., DE ENERGIA E GAS DE MT WWW.SINDENERGIA.COM.BR

  • sandro
    09 Abr 2015 às 17:09

    Altamente poluidor,pq não se investe em enrgia solar?

  • JOSÉ ANTONIO MESQUITA
    09 Abr 2015 às 14:03

    INVESTIMENTOS DESSA NATUREZA DEVERIAM SE ESTENDER PARA OUTRAS REGIÕES E NÃO SE RESTRINGIR SOMENTE ONDE O SENADOR POSSUI PROPRIEDADES.

Sitevip Internet