Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 04 de junho de 2020

Notícias / Tecnologia

Tecnologia de gestão permitirá que Mato Grosso tenha competitividade, diz Gerdau

Da Redação - Viviane Petroli

26 Ago 2015 - 14:20

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Tecnologia de gestão permitirá que Mato Grosso tenha competitividade, diz Gerdau
Mato Grosso é um grande exemplo para Brasil quanto ao seu crescimento econômico, principalmente diante a situação pela qual o país passa. A implantação de tecnologia de gestão no estado irá possibilitar maior eficiência em benefício à população e proporcionará mais competitividade, não apenas no sentido econômico, mas em outros setores.

Conforme o presidente do Conselho Movimento Brasil Competitivo (MBC) e presidente do Conselho de Administração do Grupo Gerdau, Jorge Gerdau, toda a região Noroeste do país, principalmente Mato Grosso, são estados com potencialidades econômicas.

“As commodities dão possibilidade de continuar crescendo em novas fronteiras, além das tecnologias. São regiões que hoje tem um potencial fantástico e Mato Grosso tem comprovado isso”, destacou Gerdau em visita ao estado, nesta quarta-feira, 26 de agosto, para participação no Seminário Transformação e Oportunidades, realizado no Centro de Eventos do Pantanal.

Leia mais:
Empresários de Chapada dos Guimarães reivindicam melhorias na infraestrutura turística

Na visão de Jorge Gerdau o “futuro do crescimento do Brasil passa muito pelo aumento econômico da região Noroeste”.

“Eu acho que usar tecnologia de gestão vai possibilitar que se faça tudo isso com rapidez, maior eficiência em benefício à população”, ressaltou.

Carga tributária e desenvolvimento

Segundo o presidente do Conselho do MBC e do Conselho de Administração do Grupo Gerdau, o Brasil possui a carga tributária mais elevada da América Latina. “A carga tributária no Brasil é extremamente elevada se comparada a países de mesmo nível de desenvolvimento. Isso chega próximo de 40%. Toda a América Latina, com exceção da Argentina, tem uma carga entre 18% e 20%”.

Gerdau destacou ainda que por ter uma carga tributária elevada o Brasil peca na qualidade de serviços públicos, o que atrapalha ainda mais o desenvolvimento do país.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet