Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 04 de junho de 2020

Notícias / Energia

Bandeira tarifária vermelha permanece na conta de energia elétrica em Mato Grosso

Da Redação - Viviane Petroli

03 Nov 2015 - 14:15

Foto: Reprodução/Internet/Ilustração

Bandeira tarifária vermelha permanece na conta de energia elétrica em Mato Grosso
A bandeira tarifária vermelha seguirá presente na conta de energia elétrica dos mato-grossenses no mês de novembro. A tarifa está em vigência desde janeiro no estado e demais unidades federativas (exceto Amapá e Roraima).

A cada 100 quilowatts-hora (kWh) são cobrados R$ 4,50 a mais na conta de energia elétrica. A permanência da tarifa em novembro foi anunciada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) na última sexta-feira, 30 de outubro.

Leia mais:
Número de endividados em Cuiabá cai para 110.862 em outubro, revela pesquisa

As bandeiras tarifárias refletem os custos variáveis da geração de energia elétrica. Os custos dependem do tipo de usina que está sendo utilizada para a geração de energia elétrica.

Na bandeira vermelha são cobrados R$ 4,50 para cada 100 kWh consumidos. Na bandeira amarela são cobras R$ 2,50 para cada 100 kWh consumidos, enquanto na bandeira verde não há acréscimos na conta de energia.

Ao final de agosto a Aneel reduziu de R$ 5,50 para R$ 4,50 o kWh na bandeira vermelha. A alegação para a retração do valor foi o desligamento de 21 térmicas com Custo Variável Unitário (CVU) superior a R$ 600 por megawatt-hora (MWh).

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • luis claudio
    03 Nov 2015 às 17:55

    ¨¨Nois merece¨¨, não sabemos votar.

  • alexandre
    03 Nov 2015 às 16:56

    Agradeçam a a Dilma e ao pai lula o aumento de 87 % na luz em época de chuva e 10 aumento da gasolina.

  • arruda
    03 Nov 2015 às 16:09

    absurdo....a onde vamos parar com tanto aumento e governo só da uma mixaria......

  • cidadão
    03 Nov 2015 às 15:28

    Até quando cobrarão a TUSD e TUST ilegal?

Sitevip Internet