Olhar Agro & Negócios

Sexta-feira, 05 de junho de 2020

Notícias / Pecuária

Fazenda Vale Verde vai apresentar case de sucesso em Kansas nos Estados Unidos

Ascom Famato

20 Jan 2016 - 09:00

A fazenda Vale Verde localizada no município de Nova Bandeirantes, ao norte de Mato Grosso, foi classificada entre as duas propriedades destaque no ramo de pecuária de corte no prêmio Sistema Famato em Campo – uma iniciativa da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT) e o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). A propriedade vai representar a pecuária Mato-grossense na Universidade Estadual do Kansas nos Estados Unidos durante o evento Cattlemens Day, em março deste ano.

Nesta matéria, a terceira da série especial sobre as propriedades que participaram do prêmio, vamos abordar um pouco mais sobre a Vale Verde.

Em 1985 surgiu a Arca S/A Agropecuária, quando o empresário Paulo Cezar de Carvalho Bittencourt e a família vieram do Rio de Janeiro para Mato Grosso com o objetivo de investir em propriedades de pecuária. A sua primeira unidade com o nome de Companhia Agropastoril Vale Verde, em Nova Bandeirantes, é uma fazenda de 17.340 hectares voltada para o ciclo de cria com matrizes Nelore. "A fazenda foi adquirida de porteira fechada, já havia animais, selecionamos o rebanho e intensificamos os investimentos no sistema de cria", destaca o diretor operacional da propriedade Marcelo Zandonade.

Segundo Zandonade, a Vale Verde apresenta bons resultados financeiros, formas de manejo diferenciadas, qualidade de vida aos colaboradores e seus familiares e ainda garante a sustentabilidade. "A fazenda Vale Verde é considerada o carro-chefe de investimentos da família".

A fazenda possui estação de monta definida, com matrizes predominantemente Nelore e todas são trabalhadas com a Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF). O cruzamento industrial é feito com raças britânicas e também o melhoramento genético do rebanho Nelore P.O. utiliza a tecnologia de Fecundação In Vitro (FIV).

Com o bom desempenho financeiro do grupo em Mato Grosso, hoje a empresa familiar possui uma marca própria de carne, com uma loja especializada em carnes nobres em Tangará da Serra, onde residem os proprietários.

O grupo Arca S/A tem duas unidades, a de Nova Bandeirantes "Fazenda Vale Verde" e uma unidade em Tangará da Serra com o nome de "Fazenda Fonte". "Trabalhamos com a integração dessas duas unidades. Em Nova Bandeirantes o sistema é exclusivo de cria e em Tangará temos o Sistema de Integração Lavoura-Pecuária, um confinamento e agora ingressamos no mercado de carnes. Temos uma grife de carne chamada de Natural Beef", conta Zandonade.

O projeto futuro do grupo é intensificar a comercialização de todos os animais na Natural Beef. "A ideia é que na Vale Verde continue com a produção dos animais e o abate em Tangará da Serra, com os serviços de desossa, corte, embalagem e venda. Nosso objetivo é fazer o ciclo completo da pecuária".

Para o proprietário Paulo Cezar Carvalho, o segredo do sucesso é o recursos humanos. "Somos um conjunto de normas e procedimentos que garantem a rentabilidade, sustentabilidade e a competitividade. Trabalhamos em conjunto com nossos colaboradores, acreditamos que funcionário insatisfeito não produz. Nossos funcionários têm participação direta nas tomadas de decisões", garante.

De acordo com o empresário, nas dependências da fazenda tem campo de futebol, área de lazer, cinema para as crianças e escola. Todos os colaboradores são registrados no Ministério do Trabalho, recebem treinamentos e cursos de capacitação oferecidos pelo Senar-MT, assim como as esposas dos colaboradores.

Na avaliação do grupo Arca S.A Agropecuária o Prêmio Sistema Famato em Campo possibilitou uma integração de ideias. "Foi uma brilhante iniciativa do Sistema Famato que realizou a integração das propriedades, divulgou modelos diferentes de administração e ainda mostrou o diferencial de cada propriedade. Foi uma troca de experiência fantástica", conclui o diretor operacional Zandonade.

"Hoje nosso Estado tem propriedades exemplo a ser seguido. Podemos viajar e divulgar nossos cases de sucesso. Para nós é muito gratificante perceber que Mato Grosso é exemplo para o mundo no que diz respeito à produção agropecuária", destaca o presidente do Sistema Famato/Senar, Rui Prado.

Sobre o prêmio – O Prêmio Sistema Famato em Campo é uma iniciativa da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT) e o Imea. Surgiu para identificar no Estado práticas diferenciadas da pecuária.

As sete propriedades de maior destaque apresentaram seus cases de sucesso durante o evento Rentabilidade no Meio Rural, no auditório do Senar-MT, realizado em dezembro de 2015, e foram premiadas com o troféu Sistema Famato em Campo sendo reconhecidas como referência em produção no estado.

As duas que mais pontuaram, as fazendas Vale Verde, de Nova Bandeirantes, e Boqueirão, de Santo Antônio de Leverger, também foram premiadas com uma viagem para os Estados Unidos, onde irão participar de uma missão técnica com visitas ao Ministério da Agricultura americano e propriedades de corte e leite. Além disso, apresentarão seus cases na Universidade Estadual do Kansas durante o evento Cattlemens Day, em março de 2016.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet