Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 04 de junho de 2020

Notícias / Energia

Fábio Garcia afirma que setor energético é fundamental a retomada do desenvolvimento do Brasil

Da Redação - Ronaldo Pacheco

24 Mai 2016 - 14:45

Foto: Kleversou de Souza / Divulgação

Fábio Garcia  participou   da abertura do VII Seminário de Energia promovido pelo Sindenergia

Fábio Garcia participou da abertura do VII Seminário de Energia promovido pelo Sindenergia

O deputado federal Fabio Garcia (PSB), líder da bancada federal de Mato Grosso, afirmou que o setor energético é fundamental para a retomada do crescimento do país, neste período de crise econômica.

Leia Mais:
Fábio Garcia deve compor comissão na Câmara que tratará de manifesto dos caminhoneiros

O parlamentar participou na noite desta segunda-feira (23) da abertura do VII Seminário de Energia, promovido pelo Sindicato da Construção, Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica e Gás no Estado de Mato Grosso (Sindenergia-MT), que será realizado até esta quarta-feira (25) na sede do Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Sistema Fiemt).

“É muito importante debater a energia sustentável, Mato Grosso é um Estado que tem vocação para ser gerador de energia elétrica, pelos potenciais hidrelétricos que nós temos. Então, esse debate tem que estar latente aqui porque sem dúvida nenhuma, os investimentos do setor de energia contribuem para a geração de emprego e distribuição de renda do nosso estado”, afirmou Fabio Garcia.

Na avaliação do líder da bancada federal, o seminário também é relevante para que se possa discutir caminhos para desenvolver o potencial hidrelétrico no Estado, de forma sustentável, permitindo que o setor continue contribuindo na condução da economia local.

A luta do deputado Fabio Garcia pela redução do preço da energia elétrica para os consumidores também foi abordada no evento.

“Os brasileiros foram surpreendidos, após as eleições de 2014 e ao longo de 2015, com aumentos absurdos no preço da energia. Isso tirou a competitividade das nossas indústrias e fez com que a dona de casa e o trabalhador sofressem muito. Busco agora reduzir o preço da energia com medidas responsáveis e um dos meus projetos tenta trazer um tratamento isonômico aos consumidores, que hoje são tratados com desigualdade. Consumidores pobres do meu Mato Grosso subsidiam a luz de ricos de outros estados. Precisamos mudar isso”.

Para o presidente do Sindenergia-MT, José Mesquita, Mato Grosso possui um grande potencial energético, seja com a utilização do gás natural, implantação de usinas hidrelétricas ou com o uso de fontes alternativas como a energia solar, que utiliza a luz do sol por meio de placas fotovoltaicas, e de biomassa, gerada pela queima de resíduos, como o bagaço da cana-de-açúcar.

“Nosso objetivo é apresentar as potencialidades energéticas do Estado e estimular a utilização de novas fontes de energia e as vantagens de cada uma delas. O setor é forte em nossa região, gera 12 mil empregos e 12 milhões de investimento no Estado”.
 
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet