Olhar Agro & Negócios

Sábado, 06 de junho de 2020

Notícias / Política

Preocupado, Blairo Maggi pede que Pedro Taques trate greve no Indea como prioridade

Da Redação - Viviane Petroli

13 Jun 2016 - 15:06

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Preocupado, Blairo Maggi pede que Pedro Taques trate greve no Indea como prioridade
O ministro da Agricultura e Pecuária, Blairo Maggi, mostra preocupação com a situação do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea), em decorrência a paralisação dos servidores há uma semana, e revela ter pedido prioridade ao governador Pedro Taques quanto ao assunto, já que as exportações enfrentam fortes exigências sanitárias. Ele que recentemente esteve na China, pontua que até mesmo uma simples assinatura diferente é motivo para o país comprador enviar todo um lote de volta ao Brasil.

Em Cuiabá, na manhã desta segunda-feira, 13 de junho, Blairo Maggi revelou que todos os produtos exportados tem alto grau de exigência fitossanitária. “Por isso, é importante que a greve do Indea acabe.”

Leia mais:
Taxação de commodities é ‘abraço de afogados’, afirma Blairo Maggi

O ministro classifica a greve dos servidores do Indea, paralisados desde o dia 06 de junho, como “grave”. Ele frisa que por ser uma política estadual o Ministério da Agricultura e Pecuária não pode interferir no assunto, porém declara já ter solicitado ao governador Pedro Taques que trate a questão como prioridade.

“Nossas exportações estão vinculadas à sanidade. Qualquer deslize, problema que tivermos em Mato Grosso e que isso ultrapasse as fronteiras do nosso Estado certamente é um problema sério. É um setor muito sensível para deixar sem que os servidores façam o seu trabalho. E, não é só a não vai abater. Não abater é uma coisa e as consequências do não abater. Uma superpopulação nas granjas, por não retirar os animais, pode fazer surgir uma doença”, afirma Maggi.

Os servidores do Indea e do Instituto de Terras do Estado de Mato Grosso (Intermat) "cruzaram" os braços no dia 06 de junho. As duas categorias aderiram à greve geral para cobrar a Revisão Geral Anual (RGA), que prevê a reposição das perdas inflacionárias de 2015, de 11,28%.

No dia 07 de junho, o juiz Gleidson de Oliveira Grisoste Barbosa, da 2º vara da Justiça de Mato Grosso em Lucas do Rio Verde, acatou o pedido liminar de mandado de segurança impetrado pela BRF para garantir a continuidade da emissão de Guias de Trânsito Animal (GTA’s), necessárias para transportar animais das propriedades rurais até a indústria frigorifica.

Segundo o senador Cidinho Santos, um frigorífico de suínos em Sorriso está há cerca de uma semana sem realizar abates, por falta da emissão de Guia de Trânsito Animal (GTA).

9 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • LISBETE
    14 Jun 2016 às 10:43

    SENHOR SENADOR-MINISTRO: NOSSOS FILHOS ESTÃO SEM ESCOLA, A POPULAÇÃO TODA ESTÁ SEM ATENÇÃO Á SAÚDE, OS PRESOS ESTÃO SEM VISITAS E OS CRIADORES ESTÃO SEM PODER VENDER SEU REBANHO. QUAL A PRIORIDADE?

  • Alberto Germanos Junior
    14 Jun 2016 às 10:22

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • totó
    14 Jun 2016 às 09:57

    É de conhecimento que cada setor tem sua peculiar importância,porém, a inflação atinge a todos de forma igual,logo, o RGA deve ser pago de forma indistinta a todos os servidores.

  • Jessé
    14 Jun 2016 às 09:45

    É claro! O Senador esta vendo o lado dele, o senhor não deve ter filhos nas escolas de Mato Grosso. Portanto não precisa da Educação. tem que ser resolvido o que pode dar prejuízo para seu próprio bolso.

  • Samaras
    13 Jun 2016 às 17:39

    Engraçado, preocupado somente com a greve do INDEA?, voces percebem que a preocupação não é com o Estado, mas com um setor , Ministro o executivo está em greve nao somente o INDEA, mas claro a greve deles atinge diretamente o setor agropecuario né...

  • paola
    13 Jun 2016 às 17:24

    A Rocha Blairo se temos perdas, todos MT vai ter nos ajude receber o que é de direito.

  • Servidor
    13 Jun 2016 às 16:46

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Celso
    13 Jun 2016 às 16:36

    Por que ele não convence o Taques a pagar nossos 11,28% tudo em 2016?

  • Marcos
    13 Jun 2016 às 15:53

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet