Olhar Agro & Negócios

Sábado, 06 de junho de 2020

Notícias / Pecuária

Informação segmentada e direcionada atende ao interesse dos produtores, afirma Acrimat

Da Redação - Viviane Petroli

05 Jul 2016 - 08:06

Foto: Assessoria Acrimat

Informação segmentada e direcionada atende ao interesse dos produtores, afirma Acrimat
Nos últimos cinco anos Mato Grosso registrou um crescimento de 12,51% do seu rebanho e Informações segmentadas e direcionadas a um determinado público muitas vezes pode trazer grandes retornos. No caso do setor produtivo os ganhos são com a redução do custo de produção e o aumento da produtividade. A pecuária bovina é tema, nesta terça-feira, 05 de julho, do Fórum das Cadeias Produtivas, que ocorre paralelamente a 52ª Expoagro, em Cuiabá.

O cenário da produtividade da pecuária bovina mato-grossense é o foco das discussões nesta terça-feira, no evento, a partir das 8h30.

Leia mais:
Falta de incentivos e indústrias travam crescimento da criação de búfalos em Mato Grosso

O Estado conta hoje com um rebanho que supera as 29 milhões de cabeças. De acordo com o presidente da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), José Bernardes, o novo conceito da Expoagro em Cuiabá, voltado para os negócios, está alinhado com o momento pelo qual o agronegócio vive.

"Trazer informação segmentada e direcionada para que o negócio dê resultados com o menor custo de produção, é atender efetivamente o interesse dos produtores”, destaca o presidente da Acrimat.

Entre os temas a serem abordados no Fórum das Cadeias Produtivas estão “As Oportunidades da Intensificação da Pecuária de Corte em Mato Grosso” com o pesquisador da IPAM, Marcelo Stabile; “Boas Práticas na Bovinocultura de Corte” com chefe adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa, Dr. Ezequiel R. do Valle; além de “Intensificação Racional na Produção de Bovinos de Corte”, com o pesquisador da Embrapa Gado de Corte, Armindo Kichel.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet