Olhar Agro & Negócios

Sábado, 06 de junho de 2020

Notícias / Pecuária

Tecnologias estão mais acessíveis mas às vezes não chegam ao campo, diz pesquisador

Da Redação - Viviane Petroli

05 Jul 2016 - 16:00

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Tecnologias estão mais acessíveis mas às vezes não chegam ao campo, diz pesquisador
Os sistemas de integração entre lavoura e pecuária, além da incorporação da floresta, são alternativas para ganhos de produtividade no campo ao mesmo tempo que tais técnicas auxiliam na redução da emissão de gases nas áreas de produção. Entretanto, apesar das tecnologias estarem mais acessíveis aos produtores o conhecimento muitas vezes não chega ao campo.

A sustentabilidade ambiental e a produção pecuária foi um dos pontos debatidos no Fórum das Cadeias Produtivas, que ocorre durante a 52ª Expoagro, na manhã desta terça-feira, 05 de julho.

Leia mais:
Informação segmentada e direcionada atende ao interesse dos produtores, afirma Acrimat

A questão do conhecimento muitas vezes não chegar ao campo foi destacada pelo professor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), o agrônomo Arthur Behling Neto, que ministrou a palestra “Uso do capim na mitigação de gases do Efeito Estufa”, durante o Fórum das Cadeias Produtivas, que aborda nesta terça-feira a bovinocultura.

Segundo Behling Neto, os sistemas de integração Lavoura e Pecuária (iLP) e integração Lavoura, Pecuária e Floresta (iLPF) são sistemas eficientes e que mesmo que o produtor não consiga um incentivo econômico para a implantação em sua propriedade, é possível realiza-los e obter ganhos, pois os mesmos vem com a melhora da produção.

O pesquisador revela ser possível produzir capim sem a utilização de adubo, através da utilização de tais técnicas e com isso conseguir uma redução na emissão de gases do Efeito Estufa.

Na avaliação de Behling Neto, "os produtores estão em busca de conhecimento para melhorias de sua produção, tanto que eventos como este sempre conta com a presença de produtores interessados”.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet