Olhar Agro & Negócios

Sábado, 28 de novembro de 2020

Notícias / Pecuária

Mato Grosso tem 70% do território composto por áreas privadas e apenas 19% de áreas protegidas

Da Redação - Lázaro Thor Borges

23 Mar 2017 - 07:59

Foto: Reprodução/Internet/Ilustração

Mato Grosso tem 70% do território composto por áreas privadas e apenas 19% de áreas protegidas
Um estudo realizado pelo Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora) apontou que 70% do território de Mato Grosso é composto por áreas privadas e apenas 19% das terras do estado são áreas protegidas. Os números foram publicados nesta segunda-feira (20) pelo Atlas da Agropecuária Brasileira.

Leia mais:
Frigoríficos não creem em queda de preço da carne ao consumidor diante operação da PF


O Atlas também revelou que o Brasil possui mais latifúndios do que áreas de conservação. Ao todo 28% do território brasileiro é composto de grandes propriedades de terra. O número é somente 1% maior do que o de áreas de proteção, que equivale a 27% do território.

O levantamento não informou a quantidade de grandes propriedades e latifúndios que existe em Mato Grosso, mas apenas em todo país. O estudo também revelou que, em Mato Grosso, 5% das terras são destinadas a assentamentos e outros 5% equivalem a terras públicas que não estão sendo utilizadas.

Entre as áreas consideradas “públicas” pela pesquisa estão as Unidades de Conversação de Proteção Integral, as Unidades de Uso Sustentável, as Terras Indígenas, as Áreas Militares e as Terras Não Destinadas. Já as áreas consideradas “privadas” estão os Imóveis Privados ofertados pelo Incra, os Imóveis Privados registrados no Cadastro Ambiental Rural (CAR), Imóveis Simulados, Assentamentos e áreas Quilombolas. 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet