Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 25 de janeiro de 2022

Notícias | Agricultura Familiar

queijo e castanha

Conab investe mais de R$ 1 mi em contratos com pequenos produtores de Mato Grosso

Foto: Reprodução/Internet/Ilustração

Conab investe mais de R$ 1 mi em contratos com pequenos produtores de Mato Grosso
Um montante de R$ 1,02 milhão em cinco novos contratos com cooperativas e associações de pequenos produtores em Mato Grosso está sendo injetado pela Companhia Nacional do Abastecimento (Conab). O intuito é a formação de estoques próprios dos pequenos produtores de castanha-do-brasil, também conhecida como castanha-do-pará, e queijo tipo mussarela.

Leia mais:
Agricultores familiares recebem 32 mil mudas de café clonal em Mato Grosso
 
A iniciativa permite que os produtores escolham o melhor momento de vender sua produção. Segundo a Conab, a ação é executada em parceria com a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário (SEAD) e faz parte do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) na modalidade de apoio à formação de estoque pela agricultura familiar.
 
A Conab explica que através de associações e cooperativas, o Programa de Aquisição de Alimentos  (PAA) disponibiliza recursos para que as organizações adquiram a produção de agricultores familiares ou extrativistas, com o intuito de formar estoques e posteriormente comercializar.
 
Ainda de acordo com a Conab, o limite anual de recursos por beneficiário fornecedor é de R$ 8 mil. Já para as organizações fornecedoras o limite é de até R$ 1,5 milhão, sendo a primeira operação limitada a R$ 300 mil.
 
Em Mato Grosso, serão beneficiados 23 agricultores vinculados à Cooperativa Agropecuária Varzeagrandense (Coopergrande), que deverão formar um estoque de 13,62 toneladas de mussarela.
 
Segundo a Companhia Nacional do Abastecimento, outros 111 pequenos produtores de castanha-do-brasil serão beneficiados. Tais produtores estão vinculados a Cooperativa dos Agricultores do Vale do Amanhecer (Coopavam), Associação dos Moradores Agroext da Resex Guariba Roosevelt Rio Guaiba (Amorarr), Associação Indígena Rikbaktsa Tsirik e Associação de Mulheres Cantinho da Amazônia. A expectativa com o recurso disponibilizado é que seja formado um estoque de castanha-do-brasil de 708,2 toneladas. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet