Olhar Agro & Negócios

Sábado, 04 de julho de 2020

Notícias / Geral

Durante pandemia, comércio de bebidas e fumo tem aumento de 4% no faturamento

Da Redação - Isabela Mercuri

02 Mai 2020 - 07:50

Durante pandemia, comércio de bebidas e fumo tem aumento de 4% no faturamento
Apesar de o faturamento tributável no mês de abril já apresentar queda de cerca de R$300 milhões por dia, de acordo com dados divulgados pela Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), o setor atacadista de bebidas e fumo apresentou aumento de 4% entre os dias 20 e 24 de abril, quando comparado aos meses de janeiro e fevereiro, ou seja, antes do início da pandemia e do fechamento do comércio em Mato Grosso.

Leia também:
Queda no faturamento tributável chega aos R$300 milhões por dia em abril
 
Segundo o último boletim divulgado pela secretaria, a média diária de faturamento tributável no setor nos meses de janeiro e fevereiro era de R$6.449.344. Já entre os dias 20 e 24 de abril, a média ficou em R$6.718.515, o que representa um aumento de 4%.
 
O setor, no entanto, não atravessou toda a pandemia tranquilamente. A variação percentual da média geral foi de -15%. Isto porque houve uma grande queda no final de março, e o número continuou baixo até o final de abril, quando voltou a subir. Veja:
 
Média diária de janeiro e fevereiro: R$6.449.344
Média diária dos dias 16 a 20 de março: R$6.618.955
Média diária dos dias 23 a 27 de março: R$3.565.792
Média diária dos dias 30 de março a 3 de abril: R$4.645.807
Média diária dos dias 06 a 10 de abril: R$5.230.793,55
Média diária dos dias 13 a 17 de abril: R$7.269.632,02
Média diária dos dias 20 a 24 de abril: R$6.718.515,32
 
Além do setor atacadista de fumo e bebidas, o único que obteve variação positiva nestes mesmos dias de abril (20 a 24) em relação a antes da pandemia foi o de máquinas e equipamentos, exceto os agropecuários, com aumento de 6%. No comércio varejista, nenhum setor obteve variação média positiva neste mesmo período.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • DELCIO JANKE
    02 Mai 2020 às 14:17

    Que mentira !

  • Doutor Robson Toledo
    02 Mai 2020 às 12:12

    Pra isso povo tem dinheiro né?

Sitevip Internet